Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Mercados e tendências

Obsessão pela própria imagem dinamiza vendas de maquiagem no Brasil

Embora a economia do país não esteja em seus melhores dias, o mercado brasileiro de beleza vem crescendo em ritmo acelerado. "Na população de jovens brasileiras, o desejo de ser bela é mais forte que a recessão", constata a Canadean em mais um estudo de mercado.

O mercado de maquiagem no Brasil, que em 2013 movimentou 7,1 bilhões de reais, alcançará 13,4 bilhões de reais no final de 2018, prevê a Canadean em uma recente pesquisa [1]. Apesar do marasmo que paira sobre o resto da economia brasileira, que encolheu em três dos últimos quatro trimestres, o dinamismo do mercado de beleza e produtos cosméticos manteve-se firme e forte. "Isso prova que o mercado de maquiagem está em pleno crescimento no país, inclusive nas regiões mais pobres, mesmo nos períodos em que a confiança do consumidor está em baixa", explica a agência de pesquisas de mercado.

Desejo de ser bela

Segundo a Canadean, o típico consumidor dos produtos de beleza no Brasil é jovem e do sexo feminino: em 2013, as brasileiras se maquiaram 24 bilhões de vezes, o que representa 85% do total de vezes em que algum tipo de maquiagem foi usado. Vale ressaltar que as mulheres na faixa etária de 16 a 34 anos são responsáveis por 40% do consumo de maquiagem.

"As jovens mulheres desejam passar uma imagem profissional no local de trabalho e mostram-se cada vez mais dispostas a experimentar novidades em ocasiões especiais. Elas acompanham de perto a moda e mudam de aparência com frequência, sempre seguindo as últimas tendências", ressalta Kirsty Nolan, analista da Canadean.

Vendas diretas

A venda direta de produtos, sem necessidade de loja, é um sistema extremamente popular para a distribuição de artigos de maquiagem no Brasil. Fora o aspecto comercial, a venda direta é um momento agradável para as consumidoras, que folheiam sem pressa o catálogo e estabelecem uma relação amical com a representante local da marca.

O mercado brasileiro é dominado por empresas de venda a distância, como Avon e Natura. Além de oferecer às consumidoras produtos com bom preço e entregá-los em casa, essas marcas têm um melhor controle das margens de lucro.

"As marcas internacionais de maquiagem precisam adotar alguns desses princípios se quiserem conquistar o mercado brasileiro. Os produtos devem ser facilmente encontrados e ter um preço acessível para as jovens consumidoras. A chave do sucesso é dispor de canais de distribuição eficazes, com base em acordos firmados com empresas de venda direta bem estabelecidas no mercado, ou com lojas ou salões de bairro", conclui Kirsty Nolan.

É nesse contexto que será realizada, em 03 e 04 de dezembro de 2014, a primeira edição de MakeUp in São Paulo, que reunirá pela primeira vez no Brasil fornecedores e subcontratados na indústria de maquiagem (embalagens, fórmulas, serviço integral).

mais recentes
Foco
FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

A próxima edição da FCE Cosmetique será realizada entre os dias de 21 a 23 de maio de 2019, no São Paulo Expo, e apresentará as principais inovações e tendências tecnológicas para o segmento da indústria cosmética. Em 2018, a mais grande exposição de tecnologia para a indústria cosmética no Brasil atraiu mais de 16 mil visitantes, entretanto, (...)

+ informações
Palavra de especialista
Pele radiante logo pela manhã

Lipotec - Lubrizol
Pele radiante logo pela manhã

O empoderamento das mulheres as tornou conscientes de que sua liberdade não tem limites, e que elas podem ir tão longe quanto quiserem. Elas não se sentem como supermulheres capazes de fazer tudo com perfeição, mas abraçam a imperfeição e escolhem o que fazer com seu tempo. As mulheres de hoje escolhem aproveitar ao máximo sua vida sem (...)

+ informações

Seções