Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ambiente

Mercado de cosméticos busca alternativas para substituir as microesferas de plástico nos esfoliantes

Grande desafio é encontrar matérias-primas sustentáveis e com grânulos de tamanhos parecidos com as esferas plásticas padronizadas pela indústria e já conhecidas pelos consumidores.

Rochas vulcânicas, cristal de quartzo, partículas de argila, cupuaçu, açaí, casca de coco e semente de damasco ou morango. Estas são algumas das alternativas apresentadas pela indústria de cosméticos para substituir as microesferas de plástico nas formulações dos esfoliantes. O planeta travou uma luta contra os plásticos descartáveis e todos podem fazer sua parte.

Esfoliante com semente de maracujá da Feito Brasil

Esfoliante com semente de maracujá da Feito Brasil

A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) sinalizou o compromisso voluntário das empresas para eliminar o uso de micropartículas plásticas sólidas em seus produtos até 2021. Fabricantes de produtos de beleza e fornecedores de matérias-primas se mostram comprometidos em encontrar soluções cada vez mais inovadoras e naturais para os clientes.

Temos mais de 10 tipos de esfoliantes de origem vegetal, com tamanhos, formas e cores diferentes,” afirma Paulo Roseiro, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Boticário. “Trabalhamos com a segurança de que os ingredientes inseridos em nosso portfólio entregam o efeito de esfoliação necessário para promover a renovação celular adequada”.

De acordo com a marca de cosméticos orgânicos Souvie, no mundo dos esfoliantes, há uma busca crescente por produtos multifuncionais e sustentáveis. “Os consumidores esperam outras propriedades, além da renovação da pele, como clareamento e despigmentação, slow-aging, luminosidade e elasticidade da pele”, comenta Marcos Iorio, diretor de marketing da marca. “Há também uma expectativa em relação à utilização de química verde na filosofia de design das formulações. Com uma quantidade de informação chegando cada vez mais fácil às pessoas, listas de free-from (livre de) são procuradas avidamente no momento de decisão de compra”, acrescenta.

A principal vantagem é que, ao eliminarmos os petrolatos da fórmula, ela se torna mais biocompatível, diminuindo a chance de irritação. Além disso, alguns ingredientes, como o quartzo e as sementes, permitem uma esfoliação mais intensa”, diz Andréa Guarezi, farmacêutica da Feito Brasil.

Contudo, a área enfrenta desafios.Encontrar matérias-primas com grânulos de tamanhos parecidos com as esferas plásticas padronizadas pela indústria é a maior dificuldade. Como procuramos sempre ingredientes com extração sustentável, há ainda menos fornecedores e os preços são mais elevados”, conta Guarezi, que cita as sementes de maracujá e fibra de bambu como outras das soluções adotadas por sua empresa.

Essa mudança de mentalidade afeta toda a cadeia produtiva. A Cosmotec, que recentemente lançou os 7 Princípios da Fórmula +Consciência, para identificar o nível de sustentabilidade de uma fórmula cosmética, desenvolveu para os esfoliantes substâncias como as Florabeads® Jojoba, microesferas rígidas de éster de jojoba, disponíveis em diversas cores e tamanhos.

Seguindo o mesmo princípio, a Evonik apresentou ao mercado diversas partículas esfoliantes de sílica. “O SIPERNAT 250 PC foi projetado para aplicações de limpeza corporal. A dureza de suas partículas é bem adequada para uso em pele normal”, afirma Amanda Caridad, analista de marketing de cuidados pessoais da indústria química. “Já o SIPERNAT 9000 PC é indicado para aplicações que envolvem grandes quantidades de sujeira ou áreas corporais menos sensíveis, como pés”, explica.

Verônica Domingues

Portfólio

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Lipotec - Lubrizol
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Recebemos todos os dias notícias sobre o Aquecimento Global, e vemos imagens de suas consequências em todo o Planeta. O número de espécies de animais e plantas em perigo de extinção só aumenta e os governos ainda estão longe de promover leis que realmente ajudem a parar a mudança climática. Neste contexto, são os consumidores comuns que (...)

+ informações

Seções