Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Mercados e tendências

Cosméticos e perfumes somam 11% das vendas online no Brasil no primeiro semestre do ano

O comércio virtual brasileiro não para de crescer. As transações mais seguras, o avanço da banda larga no país, as compras realizadas via smartphones e a crescente demanda por conveniência do consumidor - que há tempos não enxerga o canal como um simples comparativo de preços - são alguns dos fatores que podem explicar a evolução das vendas online no Brasil.

O estudo WebShoppers, realizado pela empresa E-bit, revelou que no primeiro semestre de 2015, o setor faturou R$ 18,6 bilhões, um valor 16% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, de R$ 16,1 bilhões. De acordo com o relatório, 17,6 milhões de brasileiros fizeram pelo menos uma compra em lojas virtuais do país, somando quase 50 milhões de encomendas entre os meses de janeiro a junho.

O ticket médio também subiu para R$ 377 neste semestre, o que corresponde a um acréscimo de 13% em relação ao ano anterior. Além do aumento geral de preços no mercado, ocasionado pela crise econômica no país e a desvalorização do real frente ao dólar, um volume maior de vendas de artigos mais caros, como eletrodomésticos e eletrônicos, elevaram este número.

Cosméticos e perfumes representaram 11% das vendas virtuais no período, ficando atrás das categorias de moda e acessórios (15%) e eletrodomésticos (14%) e empatando com a de telefonia e celulares.

Para 2015, o WebShoppers prevê um faturamento total de R$ 41,2 bilhões, 15% acima da receita alcançada no ano anterior, que ultrapassou os R$ 35 bilhões. Em 2014, o segmento de cosméticos e perfumaria fechou o ano em segundo lugar no ranking do e-commerce nacional, com 15% de participação. Com uma fatia de 17%, o setor que liderou as vendas foi o de moda e acessórios. Eletrodomésticos ficaram em terceiro lugar, com 12%, e telefonia e celulares, em quarto, com 8%.

© 2015 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

A próxima edição da FCE Cosmetique será realizada entre os dias de 21 a 23 de maio de 2019, no São Paulo Expo, e apresentará as principais inovações e tendências tecnológicas para o segmento da indústria cosmética. Em 2018, a mais grande exposição de tecnologia para a indústria cosmética no Brasil atraiu mais de 16 mil visitantes, entretanto, (...)

+ informações
Palavra de especialista
“Fazer o bem para se sentir bem” e indústria da beleza

Laurence Bacilieri
“Fazer o bem para se sentir bem” e indústria da beleza

A experiência "Do Good, Feel Good" é uma velha conhecida dos psicólogos: quanto mais fazemos o bem à nossa volta, mais nos sentimos bem. Hoje, esse fenômeno ganhou o universo da beleza e, sobretudo, o planeta. Nos últimos anos, várias iniciativas filantrópicas marcaram os espíritos: por exemplo, a contribuição da Estée Lauder para o combate (...)

+ informações

Seções