Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

Natura conclui compra da Avon e cria 4ª maior empresa de beleza do mundo

O grupo Natura &Co anunciou que concluiu nesta sexta-feira (3 de janeiro) a compra da Avon Products. A transação cria o quarto maior grupo de beleza do mundo. O grupo brasileiro de cosméticos também anunciou a nomeação de uma nova equipe de gerenciamento para as quatro unidades operacionais.

A fábrica de perfumaria da Natura em Cajamar, São Paulo, Brasil

A fábrica de perfumaria da Natura em Cajamar, São Paulo, Brasil

Com a combinação das marcas Avon, Natura, The Body Shop e Aesop, a nova entidade poderá atender diretamente mais de 200 milhões de consumidores de produtos de beleza em todo o mundo, através de diferentes canais de distribuição. Com mais de 6,3 milhões de consultores e representantes das marcas Avon e Natura, o grupo ocupará a primeira posição mundial em vendas diretas, online e offline. O grupo também ocupará uma forte posição no comércio varejista, com mais de 3.000 lojas.

Quatro unidades operacionais

A nova entidade será organizada em quatro unidades operacionais com base nas prioridades estratégicas do Grupo neste momento: Natura &Co América Latina, Avon (excluindo América Latina), The Body Shop e Aesop.

Roberto Marques, Presidente Executivo do Conselho de Administração da Natura &Co desde 2017, será também Principal Executivo do Grupo. A nova equipe de gerenciamento é composta por:

- João Paulo Ferreira, assumindo a posição de CEO para América Latina da Natura &Co. O Sr. Ferreira liderou com sucesso a revitalização do modelo de vendas diretas da Natura desde que se tornou CEO em outubro de 2016, energizando o novo modelo comercial e informatização. Ele havia sido previamente o Vice-Presidente de Operações e Logística e Vice-Presidente Comercial na Natura Cosméticos S.A., após longa carreira na Unilever.
- Angela Cretu, CEO da Avon, responsável pelas operações fora da América Latina e por supervisionar a marca Avon globalmente.
- David Boynton, que permanece CEO da The Body Shop e continua a transformação e revitalização da marca.
- Michael O’Keeffe, CEO e um dos fundadores da Aesop, que também permanece em sua posição atual.

A Natura &Co anunciou a compra da Avon em maio do ano passado, em um negócio realizado por meio de troca de ações. A companhia combinada gerará receita anual bruta de mais de US$ 10 bilhões, com mais de 40.000 funcionários e presença comercial em mais de 100 países.

V.G.

Portfólio

© 2020 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Victoria's Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

Laurence Bacilieri
Victoria’s Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

O cancelamento do show da Victoria’s Secret não chegou a ser uma surpresa. Em maio, o jornal New York Times já havia revelado que o desfile não teria mais patrocínio para a transmissão pela televisão. "A Victoria’s Secret precisa se reinventar para crescer. Por isso, decidimos repensar o tradicional Fashion Show da marca e criar um evento (...)

+ informações

Seções