Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Mercados e tendências

Multimarcas de moda e decoração abrem espaço para cosméticos brasileiros de pequenos fabricantes e apelo sustentável

Em lojas não especializadas em beleza, eles ganham novos consumidores, dispostos a pagar mais por produtos artesanais e preocupados com meio ambiente.

Para comprar cosméticos, os consumidores brasileiros podem se dirigir a perfumarias, drogarias, supermercados, lojas de departamento ou especializadas no ramo. Mas não só isso. Pequenas marcas nacionais de beleza começam a ganhar espaço em multimarcas de moda e decoração que valorizam produtos sustentáveis e representantes da “brasilidade”.

A Bemglô é uma destas lojas. Criada há quatro anos, a empresa ganhou seu primeiro ponto físico em 2019, em São Paulo. “A Bemglô começou como um e-commerce de conteúdo para falar de sustentabilidade, da gente valorizar o que tem no Brasil. Nosso artesanato é mais valorizado fora do país e a cosmética, agora que está ganhando força”, afirma o gerente Willian Souza.

Produtos da Feito Brasil integram portfólio da Bemglô

Produtos da Feito Brasil integram portfólio da Bemglô

Seu diverso portfólio sustentável inclui almofadas, redes de descanso, bolsas, bijuterias e cosméticos. “Fizemos um levantamento de marcas que estivessem alinhadas com os nossos conceitos: feito no Brasil, com insumos brasileiros e por pequenos produtores”, diz Souza. “No início, fomos atrás de algumas empresas e depois da loja aberta, as marcas nos procuram. Porque o negócio deu tão certo, que elas querem estar lá”.

O gerente conta que a Bemglô trabalha atualmente com oito empresas de cosmético natural. “Desde que abriu, a loja está a Vyvedas, Bergamia, a Faces it Vegan e a Terral. Depois entraram a Feito Brasil e a Quintal e, mais recentemente, a Let e a Cativa”.

Fundada em 2004, a Feito Brasil defende a produção artesanal de cosméticos, se inspirando na ‘brasilidade’ para compor suas coleções. “A presença em multimarcas aumenta a visibilidade da marca e nos aproxima do consumidor, dando a ele o poder de decisão de compra ao poder testar e experimentar”, opina Giulio Peron, CEO da Casa Feito Brasil – grupo que também inclui a Quintal Dermocosméticos.

Com nossos cosméticos na Bemglô, garantimos o contato direto com as pessoas que já se preocupam com a sustentabilidade e procuram produtos mais verdes, com o menor impacto ambiental”, acrescenta Peron, que destaca uma pesquisa recente da agência Union + Webster, que mostra que 87% dos brasileiros estão dispostos a pagar caro mais por produtos sustentáveis.

Completando seu primeiro aniversário, a marca de biocosméticos Riô elabora seus produtos com matérias-primas extraídas da natureza reproduzidas em laboratório, em um processo semelhante ao das células-tronco, o que garante segurança para os produtos e o meio-ambiente.

Além da distribuição na rede Sephora, a marca independente é vendida na Loja Design, instalada no Instituto Inhotim, em Minas Gerais – considerado o maior museu a céu aberto do mundo –, e no Dona Coisa, multimarca de moda do Rio de Janeiro, que trabalha apenas com produtos nacionais.

A Riô é uma marca particular: temos uma história, uma ética e uma estética para levar aos nossos consumidores. Estar em lojas multimarcas, especialmente não exclusivas de beleza, traz a possibilidade de encontrar as pessoas em um momento que elas estão mais abertas para ouvir essas histórias”, afirma Pedro Medicis, CEO e sócio da Riô.

Presente ao mesmo tempo em uma das principais redes mundiais de beleza e em espaços alternativos, ele fala que a marca atende desde grandes consumidores de cosméticos a clientes que não são tão adeptos a uma rotina de beleza, por não se conectarem com as marcas que estão hoje no mercado.

Parte dos nossos consumidores está cansada de um padrão de beleza importado e não é adequado às nossas realidades”, afirma Medicis. “O Brasil é o país mais relevante entre os trópicos, tanto pelo tamanho do mercado quanto por seus valores intangíveis: cultura, culinária e estilo de vida. Queremos transformar essa potência em uma referência de beleza para o mundo”, acrescenta.

Verônica Domingues

Portfólio

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Victoria's Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

Laurence Bacilieri
Victoria’s Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

O cancelamento do show da Victoria’s Secret não chegou a ser uma surpresa. Em maio, o jornal New York Times já havia revelado que o desfile não teria mais patrocínio para a transmissão pela televisão. "A Victoria’s Secret precisa se reinventar para crescer. Por isso, decidimos repensar o tradicional Fashion Show da marca e criar um evento (...)

+ informações

Seções