Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Mercados e tendências

Lançamento de cosméticos durante a pandemia: um risco ou estratégia?

Distribuição eficiente nos pontos de venda em operação, foco em e-commerce e ação com influenciadores digitais são recursos adotados pelo setor de beleza para seguir com o calendário de lançamentos.

A indústria de cosméticos é pautada por lançamentos. Novas cores, fragrâncias e texturas atraem consumidores ávidos por novidades e movimentam o mercado de beleza. Mas lançar produtos durante a pandemia de coronavírus, com grande parte da população em isolamento social e pontos de vendas fechados, não seria um risco?

Mariana Cury, gerente de hair care da Genomma Brasil

Mariana Cury, gerente de hair care da Genomma Brasil

Para a Sol de Janeiro não foi. A marca inspirada no Brasil e distribuída pela Sephora lançou às vésperas do início da quarentena nos Estados Unidos sua primeira fragrância e foi um sucesso. Com as lojas fechadas no país, a produção que já havia sido distribuída pela rede foi redirecionada para as vendas online e se tornou best-seller no e-commerce da multimarcas, vendendo 900% a mais do que a segunda fragrância.

No Brasil, muitas empresas de cosméticos seguiram com o calendário de lançamentos. Uma delas foi a Revie, que ampliou seu portfólio de tratamento capilar com uma linha detox. “Mesmo durante a quarentena, as mulheres consomem produtos de higiene e beleza e se interessam pelo assunto. Manter o cuidado pessoal e buscar a beleza são formas de elevar a autoestima, o que contribui para melhorar o estado de espírito neste momento tão complicado de isolamento social”, afirma Mariana Cury, gerente de hair care da Genomma Brasil, grupo detentor de marcas como Cicatricure e Asepxia.

A Sallve também apostou nesta estratégia, mas só depois de ouvir seus clientes. “Entramos em contato com a nossa comunidade e perguntamos o que eles achariam de um lançamento acontecendo durante a quarentena. As respostas foram muito positivas, então decidimos seguir com o planejamento de lançar o hidratante firmador”, revela o CEO e sócio fundador Daniel Wjuniski.

O fechamento do comércio não essencial não alterou as expectativas da Sallve, já vende seus produtos apenas no próprio site. Mas, para tornar o novo produto mais acessível neste período, a empresa adotou uma política de frete gratuito para todo o país. “Como a marca construiu um público muito engajado, os clientes já tinham conhecimento de que uma novidade estaria chegando. Para divulgar o hidratante para pessoas fora das redes Sallve, contamos com um time de influenciadores digitais”, diz Wjuniski.

Já a Revie teve que repensar a logística para introduzir a linha detox no mercado. “Com o varejo de portas fechadas, foi planejada uma distribuição eficiente em lojas de departamento e drogarias que seguiram em funcionamento, além de parceiros com e-commerce”, explica Cury. Apesar do momento desafiador, ela se mantém otimista em relação ao lançamento. “Obtivemos resultados muito satisfatórios em uma pesquisa de uso feita pela Nielsen. Por isso, acreditamos no sucesso desta linha, assim como nos outros produtos Revie”, acrescenta.

Um passo mais arriscado foi dado pela Nascittá Cosméticos, que foi inaugurada já em meio à pandemia no Brasil. “Foi uma estratégia, trazer algo novo nesse momento em que muitas mulheres estão se sentindo solitárias, algumas até sofrendo com problemas depressivos. Queremos fazer com elas levantem a cabeça e aproveitem esse momento para se cuidarem mais”, afirma a CEO e fundadora Bruna Araujo.

Apostando em parcerias com influenciadoras digitais e frete grátis em todo o Brasil, ela diz que, apesar do nascimento da marca não ter acontecido da forma como desejavam, um novo caminho está sendo traçado e planeja lançar mais cosméticos.

Wjuniski conta que a Sallve teve que fazer mudanças no cronograma dos próximos lançamentos, principalmente por conta do acesso dificultado a algumas matérias primas. Mas, por ora, ele comemora os resultados com o novo produto. “Acreditamos que seria um sucesso, mas as expectativas foram superadas. Atingimos a meta de vendas e conseguimos um ótimo engajamento nas redes sociais”, finaliza.

Renata Martins

Portfólio

© 2020 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
A feira Luxe Pack New York adiada para setembro

A feira Luxe Pack New York adiada para setembro

Diante da propagação do novo coronavírus (COVID-19) em Nova York e nos Estados Unidos, os organizadores da feira Luxe Pack New York divulgam o adiamento do evento para 15 e 16 de setembro. O local permanece inalterado: Jacob K. Javits Convention Center (Hall 1B). Com essas novas datas, o evento será quase concomitante com o MakeUp in (...)

+ informações
Palavra de especialista
Exposoma: Uma nova abordagem para a saúde e beleza dos cabelos

Grupo Greentech
Exposoma: Uma nova abordagem para a saúde e beleza dos cabelos

Devido à diversidade de estresses ambientais (exposição solar, poluição exterior e interior), ao enorme engajamento do brasileiro a tratamentos capilares, e considerando o Exposoma nesta região do globo, é essencial fornecer ao público consumidor local soluções eficazes para a saúde e beleza capilar. O Grupo Greentech, representado por sua (...)

+ informações

Seções