Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Embalagem e design

Perfumes: com a versão rosqueada da válvula "La Petite", a Aptar quer mergulhar na onda da ecologia

Lançada em 2014/2015 pela Aptar Beauty+Home, a válvula La Petite ganhou uma versão rosqueável para atender à demanda das marcas de perfumes que buscavam soluções para frascos com possibilidade de refil. Apresentada na edição 2018 da feira Luxe Pack Monaco, a válvula foi uma das estrelas do salão Édition Spéciale by Luxe Pack, evento especializado em embalagens sustentáveis para o setor de luxo, realizado em Paris em junho passado. A nova versão da válvula conseguirá seduzir as marcas que desejam oferecer soluções mais ecológicas?

No salão Édition Spéciale by Luxe Pack, Catherine Barucq, diretora da divisão Estudos e Prospectiva da Citeo (anteriormente conhecida como Eco-Emballages), apresentou uma pesquisa realizada por ela sobre embalagens de luxo. Os resultados são eloquentes: das 500 pessoas a quem sua equipe perguntou "Na sua opinião, o que é uma embalagem de luxo?", 37% responderam espontaneamente: "Embalagens que possam ser reutilizadas". Para os consumidores, o fato de jogar fora uma embalagem vazia é motivo de crescente mal-estar. O que eles identificam como desperdício tornou-se um símbolo notório dos danos causados pela sociedade de consumo.

Diante desse cenário, a válvula rosqueável seria um possível caminho para o futuro do setor de perfumes? A tecnologia não é nova nem revolucionária. Lançada há alguns anos, a válvula rosqueada na verdade não conseguiu conquistar o mercado. As normas regulamentares e sanitárias (alguns mercados exigem válvulas com lacre) e o risco de falsificação falaram mais alto que a dimensão ambiental, alvo de menos atenção naquela época.

Um dos exemplos mais expressivos nessa área é a Fonte Mugler. Lançada em 1992, ela durante muito tempo permaneceu como figura solitária na categoria de produtos renováveis, mas o modelo criado por ela começa a deixar em seu sillage um rastro suficientemente marcante para atrair outras empresas do setor. Segundo estimativas, 1,2 milhão de frascos de perfumes Mugler foram recarregados em 2017, o que representa uma redução significativa do impacto ambiental gerado pelo produto. Em 2018, o Grupo LVMH adotou o conceito de refil para os perfumes Louis Vuitton e Guerlain, e a lista de marcas de prestígio dispostas a mergulhar nessa onda deverá crescer em 2020.

"Na imensa maioria das vezes, as grandes marcas do setor desejam oferecer, em suas linhas de produtos, um frasco equipado com uma válvula que possa ser desmontada. O objetivo é possibilitar o refil do perfume ou, senão, a separação do frasco e da válvula, de forma a facilitar a reciclagem. Estamos também explorando novos caminhos", explicou recentemente Patrick Bousquel, diretor de Marketing e Desenvolvimento da Aptar Beauty+Home, em entrevista ao site Brazil Beauty News.

Como sua antecessora, a versão rosqueada da válvula La Petite se destaca por uma série de características, como o corpo invisível, a neutralidade olfativa e a suavidade do acionamento, que proporciona ao consumidor a experiência de um gesto sensorial. A válvula está disponível em dois formatos: um spray de longa duração e um spray clássico. As dimensões são semelhantes às das válvulas de recrave. A fixação de plástico tem revestimento de metal, o que reduz o risco de quebra e garante um melhor controle da operação de refil, explica a Aptar.

Françoise Albasini, Vincent Gallon
(Tradução: Maria Marques)

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Tendência olfativa: o impacto de essências minerais

Aliénor Massenet
Tendência olfativa: o impacto de essências minerais

Substâncias sólidas, inorgânicas e cristalizadas, os minerais resultam de um processo geológico natural. No setor de perfumes, a mineralidade é um conceito subjetivo, pois não existe uma família mineral propriamente dita. Com facetas úmidas e salgadas, as notas minerais oferecem aos perfumistas uma nova maneira de expressar o frescor em suas (...)

+ informações

Seções