Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

Lojas L’Occitane na Europa testam novo sistema de refil para sabonetes líquidos

Estimulado pela conscientização dos consumidores, o modelo de venda a granel para diminuir o volume de resíduos transpôs as fronteiras dos produtos alimentícios e vem ganhando terreno entre os artigos de higiene e beleza. Pioneira nesse setor, a L’Occitane deseja contribuir para essa tendência, adotando o princípio de ecodesign em seus produtos. Prova disso é que a marca vem testando, em algumas de suas lojas, a possibilidade de recarregar os frascos de sabonete líquido, graças a uma tecnologia exclusiva e inovadora.

Corinne Fugier-Garrel, L'Occitane

Corinne Fugier-Garrel, L’Occitane

A noção de embalagem reutilizável vem conquistando o setor de higiene e beleza. Como outras marcas do setor, a L’Occitane já oferece um sistema de refil para alguns tipos de produto, comercializando-os em embalagens Doypack. Mas, para ampliar a iniciativa, a marca pretende eliminar até mesmo a embalagem de refil, disponibilizando o produto em uma fonte.

"O design ecológico é a principal motivação da iniciativa. Encher o frasco novamente é a melhor solução para reduzir a pegada de plástico", garante Corinne Fugier-Garrel, diretora de Desenvolvimento de Embalagens da L’Occitane en Provence.

Dito e feito: desde junho de 2019, a marca vem testando o modelo com três sabonetes líquidos, cujos frascos podem ser reabastecidos em três lojas da L’Occitane na França, na Alemanha e na Espanha.

"A ideia surgiu em novembro de 2018. Diante da urgência das questões envolvidas, decidimos agilizar o projeto, que foi desenvolvido em seis meses, apostando em uma técnica que ainda precisava ser inventada. Estávamos curiosos para saber como os consumidores iam reagir", explica Corinne Fugier-Garrel.

A experiência teve início com três produtos de sucesso da marca: Verveine Classique, Verveine Karité e Verveine Agrumes. "Escolhemos produtos que já conquistaram a preferência do público porque sabemos que o consumidor provavelmente vai voltar e comprar".

Para desenvolver uma fonte especialmente adaptada aos sabonetes líquidos, a L’Occitane recorreu ao know-how da empresa Marie Laure PLV, sua fornecedora em móveis para as lojas.

"Foi preciso buscar uma solução para o fato de que o sabonete líquido não escoa naturalmente quando desejamos encher um frasco com rapidez. Por isso, o produto deve ser ao mesmo tempo empurrado e sugado, de forma a encher o frasco em menos de um minuto", continua a coordenadora do projeto, revelando também que, com a experiência, as máquinas estão sendo aprimoradas.

Em perfeita sintonia com o espírito da marca, os frascos estão disponíveis em formato padronizado de alumínio, nos tamanhos 250 ml e 500 ml, e custam, respectivamente, 3 e 5 euros na primeira compra. Em seguida, o consumidor pode escolher o produto que deseja em uma das torneiras da fonte. Os clientes têm a opção de levar para casa, gratuitamente, uma válvula que se adapta ao frasco, mas a marca faz questão de indicar que o acessório não é reciclável.

"Tudo foi calculado para que o preço do frasco com o sabonete seja idêntico ao preço do produto tradicional. Portanto, na primeira compra, o consumidor paga o mesmo que pagava antes. Em compensação, nas vezes seguintes ele só paga o refil, que custa entre 25% e 30% mais barato do que a compra de um frasco completo. Ou seja, o interesse financeiro é uma motivação a mais para adotar o sistema de reutilização do frasco".

Rastreamento garantido

O sabonete líquido a granel é acondicionado em sacos de 5 litros nos quais é indicado o número de lote. Ao ser reabastecido pelo consumidor, cada frasco recebe uma etiqueta fornecida pela vendedora, onde constam todas as informações legais, a lista de ingredientes e o número de lote.

O produto é transferido pela máquina em circuito fechado, eliminando todo e qualquer risco de contaminação bacteriana. Porém, a limpeza do frasco reutilizado fica sob a responsabilidade do consumidor.

Embora, segundo a coordenadora, seja cedo demais para avaliar a iniciativa, a L’Occitane pretende em breve ampliar a experiência, lançando a segunda fase de testes, da qual participarão 30 a 50 lojas de vários países.

Kristel Milet
(Tradução: Maria Marques)


Portfólio

© 2020 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Celebridades e marcas de beleza: como brilhar sem queimar o filme?

Rosalia Di Gesu
Celebridades e marcas de beleza: como brilhar sem queimar o filme?

A ascensão das marcas de beleza lançadas por celebridades em 2019, na esteira do bem-sucedido modelo da Fenty Beauty, criada pela cantora Rihanna, é uma perfeita ilustração do quanto nossa cultura é obcecada pela fama. Mas será que os inovadores produtos lançados por celebridades globais conseguem seduzir o consumidor esclarecido? Em (...)

+ informações

Seções