Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

Lojas L’Occitane na Europa testam novo sistema de refil para sabonetes líquidos

Estimulado pela conscientização dos consumidores, o modelo de venda a granel para diminuir o volume de resíduos transpôs as fronteiras dos produtos alimentícios e vem ganhando terreno entre os artigos de higiene e beleza. Pioneira nesse setor, a L’Occitane deseja contribuir para essa tendência, adotando o princípio de ecodesign em seus produtos. Prova disso é que a marca vem testando, em algumas de suas lojas, a possibilidade de recarregar os frascos de sabonete líquido, graças a uma tecnologia exclusiva e inovadora.

Corinne Fugier-Garrel, L'Occitane

Corinne Fugier-Garrel, L’Occitane

A noção de embalagem reutilizável vem conquistando o setor de higiene e beleza. Como outras marcas do setor, a L’Occitane já oferece um sistema de refil para alguns tipos de produto, comercializando-os em embalagens Doypack. Mas, para ampliar a iniciativa, a marca pretende eliminar até mesmo a embalagem de refil, disponibilizando o produto em uma fonte.

"O design ecológico é a principal motivação da iniciativa. Encher o frasco novamente é a melhor solução para reduzir a pegada de plástico", garante Corinne Fugier-Garrel, diretora de Desenvolvimento de Embalagens da L’Occitane en Provence.

Dito e feito: desde junho de 2019, a marca vem testando o modelo com três sabonetes líquidos, cujos frascos podem ser reabastecidos em três lojas da L’Occitane na França, na Alemanha e na Espanha.

"A ideia surgiu em novembro de 2018. Diante da urgência das questões envolvidas, decidimos agilizar o projeto, que foi desenvolvido em seis meses, apostando em uma técnica que ainda precisava ser inventada. Estávamos curiosos para saber como os consumidores iam reagir", explica Corinne Fugier-Garrel.

A experiência teve início com três produtos de sucesso da marca: Verveine Classique, Verveine Karité e Verveine Agrumes. "Escolhemos produtos que já conquistaram a preferência do público porque sabemos que o consumidor provavelmente vai voltar e comprar".

Para desenvolver uma fonte especialmente adaptada aos sabonetes líquidos, a L’Occitane recorreu ao know-how da empresa Marie Laure PLV, sua fornecedora em móveis para as lojas.

"Foi preciso buscar uma solução para o fato de que o sabonete líquido não escoa naturalmente quando desejamos encher um frasco com rapidez. Por isso, o produto deve ser ao mesmo tempo empurrado e sugado, de forma a encher o frasco em menos de um minuto", continua a coordenadora do projeto, revelando também que, com a experiência, as máquinas estão sendo aprimoradas.

Em perfeita sintonia com o espírito da marca, os frascos estão disponíveis em formato padronizado de alumínio, nos tamanhos 250 ml e 500 ml, e custam, respectivamente, 3 e 5 euros na primeira compra. Em seguida, o consumidor pode escolher o produto que deseja em uma das torneiras da fonte. Os clientes têm a opção de levar para casa, gratuitamente, uma válvula que se adapta ao frasco, mas a marca faz questão de indicar que o acessório não é reciclável.

"Tudo foi calculado para que o preço do frasco com o sabonete seja idêntico ao preço do produto tradicional. Portanto, na primeira compra, o consumidor paga o mesmo que pagava antes. Em compensação, nas vezes seguintes ele só paga o refil, que custa entre 25% e 30% mais barato do que a compra de um frasco completo. Ou seja, o interesse financeiro é uma motivação a mais para adotar o sistema de reutilização do frasco".

Rastreamento garantido

O sabonete líquido a granel é acondicionado em sacos de 5 litros nos quais é indicado o número de lote. Ao ser reabastecido pelo consumidor, cada frasco recebe uma etiqueta fornecida pela vendedora, onde constam todas as informações legais, a lista de ingredientes e o número de lote.

O produto é transferido pela máquina em circuito fechado, eliminando todo e qualquer risco de contaminação bacteriana. Porém, a limpeza do frasco reutilizado fica sob a responsabilidade do consumidor.

Embora, segundo a coordenadora, seja cedo demais para avaliar a iniciativa, a L’Occitane pretende em breve ampliar a experiência, lançando a segunda fase de testes, da qual participarão 30 a 50 lojas de vários países.

Kristel Milet
(Tradução: Maria Marques)


Portfólio

© 2020 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Índia desponta como novo gigante do mercado de beleza

Asia Cosme Lab
Índia desponta como novo gigante do mercado de beleza

Graças ao crescimento de sua população jovem (atualmente a maior do mundo), ao aumento de sua classe média e à expansão do uso da internet tanto nas cidades como nas zonas rurais, a Índia está a um passo de se tornar o próximo gigante do mercado de beleza, seguindo o exemplo da China. A agência Asia Cosme Lab mergulhou no fascinante mercado (...)

+ informações

Seções