Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

Grupo GM acompanha a dinâmica do mercado de amenities para hotelaria

Em poucos anos, a empresa francesa conquistou espaço entre os líderes do segmento de produtos cosméticos para hotéis de alto padrão. Como prova, cinco de suas marcas de amenities acabam de ser credenciadas por um dos maiores protagonistas mundiais da hotelaria de luxo. Esse crescimento foi possível graças à estratégia de expansão internacional implementada pelo Grupo GM, ao desenvolvimento comercial focado nos principais nomes do setor de hotelaria mundial, à variedade de sua carteira de marcas e a uma oferta ambientalmente responsável, que oferece soluções aos novos desafios relacionados aos produtos descartáveis. Stéphanie Thévenot, diretora de Comunicação e Marketing, passa em revista a atualidade da empresa.

Stéphanie Thévenot, diretora de Comunicação e Marketing

Stéphanie Thévenot, diretora de Comunicação e Marketing

Brazil Beauty News - O Grupo GM parece estar em excelente saúde!

Stéphanie Thévenot - Sim, nos últimos anos registramos um crescimento significativo, tanto em termos de produção como de vendas. Comercialmente, assinamos vários contratos de parceria com grandes cadeias de hotéis internacionais, como o Mandarin Oriental e o Sofitel. Além disso, nossos produtos foram aprovados para o programa de amenities de um dos principais grupos mundiais de hotelaria de luxo, que credenciou cinco das marcas que representamos: Éditions de Parfums Frédéric Malle, Guerlain, Atelier Cologne, Codage e Le Petit Prince.

Em 2015, produzíamos 40 milhões de tubos e frascos. Em 2018, o volume passou para 65 milhões, e nosso objetivo é alcançar o marco de 85 milhões em 2019! Para estar à altura das exigências resultantes desse aumento no volume de produção, investimos 4,5 milhões de euros para ampliar a fábrica de Lyon (França), especializada em emulsões e produtos que fazem espuma (gel de ducha, shampoo, etc.), além de 2,4 milhões de euros em nossa fábrica de Portugal, especializada na produção de sabonetes.

Brazil Beauty News - O Grupo acaba de inaugurar uma filial em Hong Kong, reforçando sua presença no continente asiático. Quais são os próximos projetos de crescimento externo?

Stéphanie Thévenot - A nova filial de Hong Kong cobre também Macau e, somada às filiais da China e de Taiwan, aumenta para três o número de filiais do Grupo GM na Ásia, onde estamos presentes na maioria dos países. A próxima etapa será o ingresso em novos mercados estratégicos, como a Índia.

Brazil Beauty News - E o Brasil?

Stéphanie Thévenot - Agora que o processo eleitoral foi encerrado, vemos que o mercado está se reaquecendo e ganhando mais ritmo. Temos belos projetos para o país.

Brazil Beauty News - A exemplo da maioria dos fabricantes, o Grupo GM precisa levar em conta a urgência da questão ambiental. Quais são as demandas das marcas nesse aspecto e que respostas o Grupo GM pretende oferecer?

Stéphanie Thévenot - Estamos vivendo um momento revolucionário em termos ecológicos, o que necessariamente nos leva a questionar nosso modelo. Precisamos buscar novas soluções e uma proposta diferente para os produtos descartáveis. Muitos dos nossos clientes já estão adotando esse tipo de política, como a rede Mandarin Oriental, que pretende eliminar completamente os plásticos dos produtos de amenities até 2019. Todas as grandes companhias têm consciência da urgência em banir o uso do plástico. Em resposta a essa exigência, criamos o programa Care about Earth, que representa nosso compromisso em desenvolver produtos que tenham menor impacto sobre o meio ambiente.

Concretamente, oferecemos como alternativa, às marcas que desejarem, a embalagem com válvula Ecopump de 300 ml com frasco vegetal, fabricada com resinas obtidas de cana-de-açúcar. Outra opção são os sistemas eco-source, que funcionam como dispensers airless fixados à parede e contêm 58 vezes menos material plástico do que um frasco de 30 ml. Já começamos a fabricar embalagens em plástico reciclado, em particular para nossa marca própria, a Scandinavian White. Estamos explorando duas outras pistas, baseadas em aditivos que aceleram o processo de decomposição da estrutura química dos plásticos.

No que diz respeito às fórmulas, todas já seguem os princípios de proteção ao meio ambiente e contêm pelo menos 90% de ingredientes naturais (92% no caso dos shampoos). As fórmulas que oferecemos foram aprovadas pela Ecocert e têm o selo Cosmebio. Nossos sabonetes têm 99% de base vegetal e assumimos o compromisso de usar óleo de palma com certificação RSPO, ou seja, com garantia de sustentabilidade. Estamos também desenvolvendo uma fórmula Care about Earth isenta de qualquer ingrediente questionável.

Por último, estamos explorando fórmulas sólidas, principalmente para shampoos, porque além de não necessitarem o uso de plástico, utilizam menos água no processo de fabricação.

Brazil Beauty News - Que objetivos a empresa definiu para o futuro?

Stéphanie Thévenot - Uma das nossas metas é ampliar a carteira de marcas. Trata-se de um aspecto muito importante para a empresa, que se empenha para sempre oferecer novos produtos e itens exclusivos. Paralelamente à demanda por produtos ecológicos, muitos hotéis querem dispor de uma ampla escolha de marcas de luxo. Atualmente, nossa carteira é composta por aproximadamente 30 marcas, incluindo algumas recém-chegadas, como a Courrèges e a Caudalie, além de uma grande marca cujo nome será divulgado em breve.

Entrevista concedida a Kristel Milet
(Tradução: Maria Marques)

Portfólio

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

A próxima edição da FCE Cosmetique será realizada entre os dias de 21 a 23 de maio de 2019, no São Paulo Expo, e apresentará as principais inovações e tendências tecnológicas para o segmento da indústria cosmética. Em 2018, a mais grande exposição de tecnologia para a indústria cosmética no Brasil atraiu mais de 16 mil visitantes, entretanto, (...)

+ informações
Palavra de especialista
“Fazer o bem para se sentir bem” e indústria da beleza

Laurence Bacilieri
“Fazer o bem para se sentir bem” e indústria da beleza

A experiência "Do Good, Feel Good" é uma velha conhecida dos psicólogos: quanto mais fazemos o bem à nossa volta, mais nos sentimos bem. Hoje, esse fenômeno ganhou o universo da beleza e, sobretudo, o planeta. Nos últimos anos, várias iniciativas filantrópicas marcaram os espíritos: por exemplo, a contribuição da Estée Lauder para o combate (...)

+ informações

Seções