Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ingredientes e fórmulas

Givaudan: um novo passo rumo a perfumes mais sustentáveis

O fabricante suíço de perfumes e aromas desenvolveu um novo modelo biotecnológico que permite sintetizar o Ambrofix, alternativa ao ambergris natural, ingrediente extremamente caro.

A nova biotecnologia desenvolvida pela Givaudan utiliza açúcar fermentado proveniente de fontes sustentáveis, o que faz com que o novo método de produção de Ambrofix seja 100% natural, além de inteiramente baseado em carbono biogênico. Em comparação com métodos tradicionais, a nova biotecnologia requer uma extensão de terra cem vezes menor para produzir um quilograma do material. Segundo a Givaudan, o Ambrofix é também facilmente biodegradável.

A nova biotecnologia desenvolvida pela Givaudan para producir Ambrofix (...)

A nova biotecnologia desenvolvida pela Givaudan para producir Ambrofix utiliza açúcar fermentado proveniente de fontes sustentáveis.

A empresa suíça ressalta que o novo método de fabricação produz as mesmas qualidades olfativas que o método tradicional, constituindo atualmente "a solução mais sustentável e com menor pegada de carbono disponível no mercado".

Ambrofix é o nome comercial dado pela Givaudan ao ambroxido, terpenoide identificado pela primeira vez nos anos 1950 como uma das principais substâncias que dão origem ao odor do âmbar-cinzento. Ano após ano, o Ambrofix foi ganhando popularidade entre os perfumistas. Atualmente, é muito usado na fabricação de perfumes funcionais, entrando na composição de produtos de higiene e limpeza, como shampoos e sabão para roupas, mas também como ingrediente de perfumes finos.

"É uma grande satisfação ver o novo processo biocatalítico produzir o Ambrofix na forma de uma molécula com notas ambaradas fortes, significativas e estáveis. Mas, acima de tudo, esse ingrediente corresponde perfeitamente à política da Givaudan em matéria de desenvolvimento sustentável, denominada A Sense of Tomorrow. Diante da busca constante dos consumidores por produtos seguros, sustentáveis e de alta qualidade, nosso compromisso em favor da inovação responsável nos leva a mobilizar as competências e a expertise da empresa no desenvolvimento de moléculas para perfumes que serão apreciadas em todas as regiões do mundo, contribuindo assim para a construção de um futuro sustentável", explica Jeremy Compton, diretor de Ciência e Tecnologia de Perfumes do Grupo.

Com baixa pegada de carbono, o novo processo reflete os objetivos FiveCarbon Path™ definidos pela Givaudan, nos quais a empresa afirma que todos os átomos de carbono do material biológico de base devem se encontrar no produto final - o que, em última instância, significa que nenhum resíduo de carbono é gerado pelo processo.

(Tradução: Maria Marques)

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Victoria's Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

Laurence Bacilieri
Victoria’s Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

O cancelamento do show da Victoria’s Secret não chegou a ser uma surpresa. Em maio, o jornal New York Times já havia revelado que o desfile não teria mais patrocínio para a transmissão pela televisão. "A Victoria’s Secret precisa se reinventar para crescer. Por isso, decidimos repensar o tradicional Fashion Show da marca e criar um evento (...)

+ informações

Seções