Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Embalagem e design

Embalagens de perfumes cada vez mais verdes

A edição 2019 do salão Luxe Pack Monaco deixou um rastro verde no mercado de luxo, pontilhando-o de muitas inovações em matéria de design ecológico. Uma coisa é certa: os fornecedores de embalagens para esse setor estão se empenhando em oferecer produtos alternativos, com uma proposta mais concreta e mais completa. O segmento de perfumes não foge a essa tendência geral, apresentando embalagens cada vez mais ecológicas, o que vale para todos os componentes.

Vidro reciclado e válvulas rosqueadas

Atualmente, o vidro reciclado é parte integrante da oferta da maioria dos fornecedores. No entanto, a falta de consenso quanto ao cociente PCR/PIR [1] faz com que haja variações na maneira como é expressa a proporção de material reciclado presente nos frascos, visto que depende do cálculo de cada fornecedor. Por enquanto, a questão continua em suspenso...

As linhas de potes e frascos com vidros mais leves têm conquistado espaço crescente na indústria. Prova disso são as gamas Ecoline, da Bormioli Luigi, e Epure, da Pochet, que ganharam novos formatos para atender à demanda. O modelo Verdi, da Coverpla, desenvolvido a partir dos frascos Ecoline, busca oferecer uma solução ecológica às exigências das marcas de nicho.

Para atender aos critérios de reúso de embalagens e otimização do potencial de reciclagem das embalagens, as válvulas removíveis e os anéis rosqueados voltaram à moda. A Verescence, por exemplo, lançou a nova linha CARA com frascos retangulares ou redondos, disponíveis em 50 ml ou 100 ml.

Para dar suporte às marcas que desejam adotar embalagens mais ecológicas, a Aptar criou uma versão rosqueável de sua válvula La Petite. Seguindo a mesma filosofia, ainda este ano chegará ao mercado uma versão rosqueada da válvula Melodie Pirouette, lançada em 2017 pela Silgan Dispensing System.

Tampas com design ecológico

Naturalmente, o compromisso ambiental não se limita ao vidro. A onda verde chegou também às tampas, em particular no caso da Quadpack, com sua coleção à base de aparas de cortiça. O diferencial dessas tampas é o fato de não necessitarem insertos de material plástico por dentro, pois se adaptam diretamente à ponta da válvula do frasco.

Na decoração dos frascos para os perfumes Le Beau e La Belle, de Jean Paul Gaultier, a Texen optou por usar um berloque móvel. Situado entre o acionador e o anel, ele garante a inviolabilidade do frasco, bloqueando a abertura. No caso dos perfumes Jean Paul Gaultier, esse dispositivo torna a tampa desnecessária.

Em colaboração com a ERPRO Factory, líder no segmento de fabricação aditiva em série, a Albéa apresentou, pela primeira vez, diversos modelos de tampas fabricadas por impressão 3D. Além da liberdade criativa e das amplas possibilidades de personalização oferecidas por essa tecnologia, a matéria-prima utilizada, à base de óleo de rícino, é de origem orgânica.

Outra novidade da última edição do Luxe Pack Monaco foi apresentada pela Dow, empresa especializada em artigos em Surlyn, que expôs durante o salão uma linha de tampas fabricadas com Surlyn reciclado. Desenvolvidas em parceria com a Premi, as tampas contêm 40% de Surlyn obtido a partir de sobras industriais das linhas de produção. Concretamente, os resíduos são coletados, triturados e incorporados a um novo processo de fabricação.

Decoração: uma nova geração

As novas técnicas de laca e de acabamento lançadas pela Bormioli Luigi criam efeitos de textura ou de cor que, entre outras vantagens, oferecem uma solução adaptada aos frascos de vidro reciclado, contribuindo para ocultar os defeitos cromáticos ou de transparência inerentes à qualidade do material.

Com uma proposta ainda mais ecológica, a Stoelzle Masnières deu destaque à Quali Glass Coat, uma laca não agressiva para o meio ambiente que reduz em 77% o volume de CO2 emitido, em comparação com técnicas hidrossolúveis tradicionais.

Outra boa alternativa é o sleeve (luva retrátil), que vem conquistando adeptos na indústria por possibilitar efeitos decorativos sofisticados e até metalizados. Posicionado diretamente sobre o frasco sem interface adesiva, o sleeve pode ser retirado com facilidade na hora de reciclar a embalagem. Dessa forma, a opacidade do frasco não impede que ele seja reciclado, contrariamente ao que acontece com os frascos coloridos.

A G. Pivaudran, empresa especializada em componentes de alumínio para o setor de perfumes e cosméticos, vem trabalhando atualmente no uso de alumínio reciclado, uma solução mais ecológica e econômica.

Até o zamac, liga muito utilizada no setor de perfumes, é um forte candidato a ter seu impacto ambiental reduzido: um estudo realizado recentemente pela Metapack confirmou a possibilidade de reciclar indefinidamente essa liga de zinco, alumínio, magnésio e cobre.

Somando ecologia e personalização, a Wheaton apresentou, durante o salão o Photochromatic Spray, duas inovações técnicas muito interessantes. Uma delas consiste em um novo revestimento que reage à luz UV e permite escrever no frasco com um lápis luminoso especial.

A outra novidade apresentada por esse fabricante brasileiro de vidros é a Perfumed Screen. Com essa técnica de serigrafia baseada em tinta perfumada, a embalagem se transforma em um vetor de comunicação olfativa. Quem sabe, um dia, as amostras e os testadores sejam aposentados, pois o próprio frasco poderia oferecer a possibilidade de experimentar a fragrância?

Amostras divertidas e criativas

No campo das amostras, a Arcade Beauty vem apostando em diversas opções, entre as quais a redução do peso do material, sachês monomaterial sem alumínio e cápsulas realizadas por termoconformação com 50% de plástico reciclado pós-consumo (PCR).

Vale também destacar dois novos produtos muito divertidos: o primeiro é um suporte de amostragem em forma de estojo de pó compacto, que contém esferas perfumadas impregnadas com uma fragrância; o segundo é uma tatuagem com tinta perfumada, desenvolvida pela Arcade Beauty em colaboração com a empresa Amkiri. O usuário aplica, por sobre uma imagem vazada, uma tinta perfumada que exala a fragrância e permanece na pele durante 24 horas.

Ainda no segmento de amostras, a ID Scent apresentou o Scent Touch, à base de papel 100% reciclável, criando um novo gesto de beleza. Com a tecnologia ID Scent, uma haste impregnada de perfume é inserida em um pequeno sachê de papel, reproduzindo, assim, os movimentos do ato de se perfumar. A fita olfativa é aplicada diretamente sobre a pele, possibilitando a descoberta das principais notas do perfume. Nesse formato, o produto pode ser distribuído no varejo, em propagandas na imprensa e em campanhas de e-sampling.

Novos gestos

Como alternativa ao velho spray, a Texen criou para os perfumes Angel, Alien e Aura, da Mugler, um aplicador em forma de pincel. Com apenas 8 ml, o formato é fácil de transportar, bastando um clique para aplicar a dose certa na região do corpo que se quer perfumar.

Extremamente original, o rolo de fita perfumada realizado pela Metapack e a Neyret para a Dyptique oferece a possibilidade de desenrolar um fio com fecho móvel que pode ser usado como pulseira, deixando um rastro perfumado que dura uma semana. Ao final desse prazo, o usuário pode recomeçar a operação. Com um único rolo de fita perfumada, é possível criar cerca de trinta pulseiras.

Outra novidade da Metapack são os bastões de concreto com refil. Fabricados em zamac, eles oferecem uma solução fácil de transportar e recarregar, especialmente projetada para perfumes sólidos.

Design inovador

Em sua primeira linha de perfumes, Julien Dossena, diretor artístico da Paco Rabane, decidiu revolucionar os padrões: o tradicional frasco de vidro deu lugar a uma embalagem flexível de material sintético metalizado, desenvolvido pela TNT Manufacturing e Promolib. Segundo o fabricante, todos os componentes da embalagem são recicláveis.

A edição deste ano do Luxe Pack confirmou o compromisso dos fornecedores com a busca de alternativas ecológicas abrangentes. Agora, cabe às marcas de luxo adotarem essas ideias e soluções.

Kristel Milet
(Tradução: Maria Marques)

Observações

[1Post Consumer Recycled (PCR) e Post-Industrial Recycled (PIR)

Portfólio

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Victoria's Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

Laurence Bacilieri
Victoria’s Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

O cancelamento do show da Victoria’s Secret não chegou a ser uma surpresa. Em maio, o jornal New York Times já havia revelado que o desfile não teria mais patrocínio para a transmissão pela televisão. "A Victoria’s Secret precisa se reinventar para crescer. Por isso, decidimos repensar o tradicional Fashion Show da marca e criar um evento (...)

+ informações

Seções