Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

Aquisição da Opus Cosméticos e novo modelo de vendas diretas levam Cless a projetar R$ 1 bilhão para 2020

Com a incorporação, grupo ganha espaço em pequenos varejistas, aumenta sua capacidade produtiva e passa a produzir as próprias embalagens.

Dona de marcas como Charming, de sprays e mousses, Lightner, de descolorantes, e Essenza, de alisantes capilares, a Cless completa 14 anos no mercado brasileiro de beleza e higiene pessoal com uma nova aquisição: a Opus Cosméticos. Além de assumir as marcas da companhia, a operação engloba a compra de suas unidades industriais e deve gerar um faturamento integrado de R$ 300 milhões neste ano.

Luiz Piccoli, CEO do Grupo Cless

Luiz Piccoli, CEO do Grupo Cless

A Cless pretende crescer 25% sobre as receitas consolidadas de ambas as empresas em 2017. A expectativa desta alta se deve ao aproveitamento da sinergia de canais e à especialização da nossa força de venda”, afirma Luiz Piccoli, CEO do Grupo Cless.

Com quase meio século de história, a Opus se estabeleceu no mercado brasileiro por meio de distribuidores e atacadistas que conseguiram inserir seus produtos – a maioria voltada para classes mais populares – em pequenos varejistas independentes e cadeias regionais. Em seu catálogo, destacam-se os lenços umedecidos e talco infantis Baby Poppy e a linha de cuidados com os cabelos Salon Opus, além de sabonetes íntimos, toalha demaquilante, repelente de insetos e absorvente para os seios para lactantes.

O portfólio da Opus é totalmente complementar e a cooperação em termos de canal é gigante. A Cless, historicamente, é forte nos segmentos de perfumaria e farmácia. Já a Opus tem excelente presença no setor varejista alimentar. As marcas irão se ajudar muito”, diz Piccoli.

A nova incorporação também permitirá ao grupo o aumento de sua capacidade produtiva, que era um dos maiores entraves para seu contínuo crescimento. A Opus dispõe de uma unidade industrial voltada para grandes volumes e alta produtividade instalada em São Paulo, além de uma planta com máquinas injetoras e sopradoras para a confecção de embalagens. “Passamos a produzir as nossas próprias embalagens e moldes. Isso nos traz mais agilidade e inovação e confere mais competitividade às nossas marcas”, aponta Piccoli.

A transação não teve o valor divulgado, mas ele afirma que a compra foi efetuada com recursos próprios da empresa. Há quatro anos, a Cless teve 30% de suas ações vendidas para a One Equity Partners, braço de investimentos de private equity que era controlado pelo banco americano J.P. Morgan.

Outra aposta do presidente do grupo é a Cless Conceito, empresa de vendas diretas que acaba de ser apresentada ao mercado. A estreia no canal se deu há quase um ano, com a Cless Multinível, que consumiu cerca de R$ 30 milhões e teve resultados financeiros tímidos. “Estávamos aprendendo a operar esse segmento de maneira alinhada aos nossos valores e princípios”, justifica Piccoli. “Após muito aprendizado, lançamos agora a Cless Conceito”.

O catálogo conta com produtos da marca Cless em segmentos bastante variados, que vão de fragrâncias e esmaltes a artigos para limpeza da casa e higiene de animais de estimação. Os consultores entram no negócio com investimentos a partir de R$ 200 e podem usufruir de uma estrutura de apoio para receber clientes e equipe, com sala de reunião, loja de produtos e salão profissional. A Cless Conceito oferece plano de carreira e prêmios como carros importados e viagens para a Disney e Dubai.

“Entendemos que a sólida reputação de nossa indústria poderia contribuir com a ocupação de milhares de pessoas com bom potencial neste momento de grave crise do nosso país e alto nível de desemprego. A recepção pelo mercado foi incrível e estamos muito animados”, afirma Piccoli.

Com a aquisição da Opus Cosméticos e o novo modelo de marketing multinível, o Grupo Cless projeta um faturamento de R$ 1 bilhão em 2020.

Renata Martins

Portfólio

© 2018 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Na 31ª edição da feira Luxe Pack Monaco, o júri do Luxe Pack in Green Awards, um prêmio anual que reconhece as soluções de embalagem mais ecológicas no setor de luxo, bem como as ações corporativas responsáveis, designou os vencedores do ano 2018. Qualipac ganha o prêmio na categoria Packaging Solutions O preço da melhor solução de (...)

+ informações
Palavra de especialista
O Brasil é a nova Coreia do cabelo?

Emmanuelle Bassmann
O Brasil é a nova Coreia do cabelo?

A Brasil International Beauty Fair é a maior feira comercial de beleza da América do Sul. A edição 2018 aconteceu em 08 -11 de setembro de 2018 em São Paulo, Brasil. Veja a seguir uma visão geral das principais tendências e destaques em inovação de produto. O Brasil sempre foi reconhecido por ser inovador no setor de beleza. (...)

+ informações

Seções