Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Inovação e novidades

Gerador de nuvens de perfumes traz um sopro de renovação à descoberta de novas fragrâncias

A startup francesa Byzance desenvolveu um sistema inédito de apresentação de perfumes, com a proposta de oferecer ao consumidor novas sensações olfativas por meio de uma experiência inovadora e divertida.

Julie Gesnouin

Julie Gesnouin

Inicialmente desenvolvido para uma grande marca francesa, o gerador é equipado com uma tecnologia que gera e difunde uma "nuvem" olfativa, formada unicamente a partir do concentrado de perfume (cuja fórmula não contém álcool).

"Atualmente, esse sistema é uma das formas mais confiáveis de restituir o odor de um perfume. O gerador pode inclusive ser usado pelos mais experientes perfumistas para testar fragrâncias", ressalta Julie Gesnouin, fundadora da Byzance. "Quando um perfume é testado em fita de papel, inevitavelmente sofre interferências olfativas".

Na prática, o sistema funciona com base no concentrado de perfume puro, misturado com dipropileno glicol. A proporção de cada substância varia segundo o tipo de fragrância e a volatilidade que se deseja dar à nuvem de perfume.

"A nuvem criada com essa técnica pode apresentar maior ou menor volatilidade, em função das exigências em matéria de marketing. Além disso, é possível controlar o fluxo de liberação da fragrância e integrar lâmpadas de LED para dar cor à nuvem de perfume", explica Julie Gesnouin. Mas, é bom frisar: a nuvem não aciona detectores de fumaça!

A composição final da mistura requer um mês de trabalho e deve receber o aval da marca. Antes de lançar o dispositivo, a Byzance realizou um grande número de testes, com o objetivo de garantir a inocuidade de seu sistema para a saúde do consumidor, em particular no que se refere à inalação da fumaça.

O gerador de nuvens olfativas está disponível na forma de uma unidade com suporte próprio, ou como um conjunto com suporte duplo, possibilitando a descoberta de mais de um perfume. O dispositivo pode ser integrado ao balcão de um ponto de venda ou utilizado como material promocional independente.

Olfactory Cloud Experience from BYZANCE on Vimeo.

Para as marcas, o custo de cada máquina é de aproximadamente 550 euros. O kit com três frascos de 10 ml de mistura – suficiente para 600 a 700 testes – custa 50 euros, mas as marcas podem também fabricar a mistura na linha de envase do perfume. Naturalmente, as máquinas podem ser reutilizadas para outras fragrâncias.

"Essa tecnologia oferece às marcas uma alternativa original para apresentar suas fragrâncias. Para o consumidor, é uma forma de redescobrir o ritual de testar um perfume. A ideia tem sido acolhida com muito entusiasmo", conclui Julie Gesnouin.

Vincent Gallon
(Tradução: Maria Marques)

Portfólio

© 2018 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

A próxima edição da FCE Cosmetique será realizada entre os dias de 21 a 23 de maio de 2019, no São Paulo Expo, e apresentará as principais inovações e tendências tecnológicas para o segmento da indústria cosmética. Em 2018, a mais grande exposição de tecnologia para a indústria cosmética no Brasil atraiu mais de 16 mil visitantes, entretanto, (...)

+ informações
Palavra de especialista
Green, Clean... e o que mais?

Pascale Brousse
Green, Clean... e o que mais?

A força da nova tendência é visível. Para ser desejável, um produto deve ser green, clean e cool, de preferência seguindo os modelos de marcas Indie e DNVB [1]. Green - porque ser natural tornou-se um princípio de base para qualquer produto. Clean - porque a ausência de substâncias poluentes ou duvidosas é outro pré-requisito importante. Cool (...)

+ informações

Seções