Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Mercados e tendências

Cosméticos formulados sem água devem ganhar mercado da beleza nos próximos anos

Além da economia do recurso natural, produtos livres de água – como xampu em pó e leave-in em barra – poupam material na confecção de embalagens e necessitam de menos espaço para armazenagem.

Mais de 70% da superfície da Terra é composta por água. No entanto, apenas cerca de 3% deste volume é considerado potável e próprio para o consumo humano. Tão importante para a vida no planeta, a água também se faz necessária na cadeia produtiva de cosméticos e poupá-la é um dos maiores desafios enfrentados pela indústria de cuidados pessoais atualmente.

Paulo Kazaks, CEO da Sweet Hair

Paulo Kazaks, CEO da Sweet Hair

De acordo com a Mintel, produtos formulados sem água são uma das principais tendências de beleza que impactarão o mercado global até o ano 2025. No Brasil, empresas de especialidades químicas e ingredientes cosméticos começam a apresentar ao mercado soluções sustentáveis inovadoras alinhadas a esse movimento.

Um xampu em barra para os cabelos, que também pode ser usado como sabonete ou espuma para barbear, é uma das fórmulas sem água desenvolvidas pela Chemyunion. “Buscamos inspirar os departamentos de marketing e P&D de nossos clientes com novas possibilidades de criação”, afirma Leandra Moraes, gerente de marketing da companhia brasileira. “O consumidor busca embalagens recicláveis, clean label e existe um crescente interesse na conservação de água”, acrescenta.

A Beraca, maior fornecedora de ingredientes da biodiversidade do país para a indústria de cosméticos, também investe na tendência. Entre as aplicações sem água de seu portfólio estão condicionadores em gel, máscara facial granulada e uma seleção de leave-in sólidos elaborados com ativos como óleos de pequi e de patauá. “O consumidor pode levar um pedacinho do produto em sua bolsa e acrescentar a água no momento em que quiser utilizar”, diz Marianna Cyrillo, gerente de comunicação e marketing da empresa.

Ela chama a atenção para o fato de que em alguns produtos de higiene pessoal a água pode chegar a 90% nas composições. “Se já usamos a água no chuveiro, faz sentido adotar um xampu em pó. Ele se misturará à própria água do banho, economizando na formulação”, exemplifica Cyrillo.

A marca brasileira de cuidados profissionais com o cabelo Sweet Hair lançou um xampu em pó pioneiro para uso em salões, hoje distribuído para 70 países. “A produção dele é 100% sem água. Isso gera uma economia média de sete litros de água a cada 400 gramas de xampu”, diz o CEO Paulo Kazaks.

Além de poupar o recurso natural esgotável, cosméticos livres de água também trazem outros impactos sustentáveis. “Formulações sem água permitem economias de armazenagem, redução da quantidade de material utilizado na produção de embalagem e redução do volume de produto por embalagem, o que aumenta o número itens armazenados ou expostos por área de prateleira ou gôndola”, cita Moraes. Ela ressalta que este tipo de produto ainda é explorado por marcas menores e independentes, mas acredita no futuro do segmento. “Trata-se de uma mudança de hábito, aceitação e conscientização”, aponta.

Segundo a gerente da Beraca, os cosméticos formulados sem água crescem vertiginosamente no mundo. Ela cita como cases de sucesso a PWDR, uma indie brand que só trabalha com produtos em pó, e a DS3, marca incubada pela multinacional Procter & Gamble, cujo slogan é ‘Liquid Free Products’, ou seja, produtos sem líquidos. “Os consumidores brasileiros estão cada vez mais atentos à sustentabilidade que envolve seus produtos cosméticos e é uma questão de tempo para essa demanda chegar ao mercado nacional”, finaliza Cyrillo.

Renata Martins

Portfólio

© 2020 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Índia desponta como novo gigante do mercado de beleza

Asia Cosme Lab
Índia desponta como novo gigante do mercado de beleza

Graças ao crescimento de sua população jovem (atualmente a maior do mundo), ao aumento de sua classe média e à expansão do uso da internet tanto nas cidades como nas zonas rurais, a Índia está a um passo de se tornar o próximo gigante do mercado de beleza, seguindo o exemplo da China. A agência Asia Cosme Lab mergulhou no fascinante mercado (...)

+ informações

Seções