Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ingredientes e fórmulas

Clariant abre novas perspectivas para tratamentos anti-idade com superalimento marinho

A Clariant Active Ingredients está abrindo novos caminhos para os tratamentos de rejuvenescimento cutâneo, graças a um ingrediente ativo inédito que age na raiz dos fatores que provocam o envelhecimento. Produzido a partir de Laminaria japonica, alga considerada um superalimento marinho, o novo princípio ativo mostrou-se eficaz na redução de manchas e de rugas nasolabiais, melhorando também a hidratação da pele após somente um mês de utilização.

Por ocasião do salão in-cosmetics Global 2019, a Clariant, fornecedora alemã de substâncias químicas, apresentou um novo ingrediente à base de algas, inaugurando assim um novo alvo celular que promete melhorar o aspecto da pele. Obtido a partir da alga Laminaria japonica (Kelp ou Kombu), o Epseama tem ação específica sobre o RNA longo não codificante nc886, reduzindo os sinais de envelhecimento cutâneo e reforçando a capacidade de autodefesa da pele.

"As causas de envelhecimento mais amplamente conhecidas estão relacionadas à genética (cronoenvelhecimento), a fatores extrínsecos, como exposição aos raios UV (fotoenvelhecimento) e à inflamação crônica", explica a Clariant.

Epseama tem ação específica sobre o RNA longo não codificante nc886

Epseama tem ação específica sobre o RNA longo não codificante nc886

Em vez de tratar esses fatores separadamente, o Epseama combate a causa fundamental do problema, agindo diretamente no RNA longo não codificante conhecido como "nc886", que recentemente foi identificado como um regulador importante da proteína PKR. Hoje se sabe que essa proteína induz o envelhecimento prematuro. Uma pesquisa desenvolvida pela Clariant Active Ingredients comprovou a correlação entre o envelhecimento e a diminuição da expressão do nc886. Isso significa que, quando seu nível de expressão é normal, o nc886 é um fator fundamental no processo de rejuvenescimento cutâneo.

Junção dermoepidérmica

Portanto, o novo ingrediente ativo à base de algas age sobre a causa real dos problemas de envelhecimento cutâneo, invertendo a curva de produção de nc886, o que reduz os danos à junção dermoepidérmica.

Testes ex vivo e in vitro confirmaram que o Epseama melhora o aspecto da pele, reduzindo as rugas, as irregularidades e a desidratação. "Ele impede a degradação do colágeno IV por meio da inibição direta da MMP-9 e estimula o colágeno de forma a reforçar a junção entre a epiderme e a derme. O Epseama aumenta a proliferação de queratinócitos, favorecendo a síntese dos receptores do ácido hialurônico CD44. Além disso, melhora a espessura da epiderme e inibe a via do inflamassoma", afirma a Clariant.

O desempenho do ingrediente foi comprovado por testes clínicos realizados com 19 mulheres de mais de 50 anos, apresentando resultados visíveis após somente 4 semanas. Nesse prazo, observa-se uma nítida atenuação das rugas nasolabiais, geralmente difíceis de eliminar, com uma redução de 19% no volume e de 10% na rugosidade da pele. As manchas diminuíram em 10% e a taxa de umidade da pele aumentou 14,2%.

Epseama é obtido a partir da alga Laminaria japonica (Kelp ou (...)

Epseama é obtido a partir da alga Laminaria japonica (Kelp ou Kombu)

"Até 2050, as pessoas com idade superior a 60 anos representarão mais de 21% da população mundial [1]. Esse fato, juntamente com o aumento da média de idade global, abre grandes oportunidades para que o setor de cosméticos ofereça novas soluções no campo do bem-estar e da luta contra os sinais de envelhecimento. Graças à compreensão dos mecanismos biológicos que entram em jogo no envelhecimento cutâneo, podemos focar nosso trabalho de inovação em ingredientes avançados, capazes de tornar o processo de envelhecimento mais lento. Com sua ação específica sobre o nc886, o Epseama oferece aos formuladores uma nova fonte de juventude que contribui para atenuar os sinais provocados pela idade e pelo sol, combatendo as verdadeiras causas do envelhecimento cutâneo", explica Julie Droux, Senior Technical Marketing Specialist da Clariant Active Ingredients.

Segundo a Technavio, o mercado global de produtos anti-idade deverá registrar um crescimento de 17,2 bilhões de dólares entre 2019 e 2023 [2]. O envelhecimento da população atualmente com 30 a 45 anos e o desejo de parecer mais jovem são os principais fatores para essa expansão.

mais recentes
Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
American Insights: As novas milionárias da beleza

Laurence Bacilieri
American Insights: As novas milionárias da beleza

Dizer que o mercado americano de beleza e cuidados pessoais está superaquecido - ou melhor, saturado - não é novidade nenhuma. Porém, um seleto grupo de pessoas tem conseguido remar contra a maré. Veja a seguir como algumas das mulheres mais ricas dos Estados Unidos conquistaram um sucesso fulgurante no setor de cosméticos. Serena (...)

+ informações

Seções