Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ingredientes e fórmulas

Chemyunion: Crescimento internacional com base em uma sólida política de inovação

Em matéria de produtos, processos e modelo de negócios, o fabricante brasileiro de ingredientes cosméticos posiciona a inovação como prioridade absoluta, a fim de se destacar no cenário internacional. Uma estratégia que vem dando frutos para esse grande protagonista do setor, referência não apenas no Brasil como no mercado global.

De um total aproximado de 130 funcionários, 20% trabalham no departamento de (...)

De um total aproximado de 130 funcionários, 20% trabalham no departamento de P&D da empresa.

Fundada em 1992 a Chemyunion dedicava-se à produção de ceras emulsificantes. A partir de 2002 lançou um modelo de open innovation abrangendo outras categorias de produtos. Os primeiros ingredientes ativos para a pele foram lançados em 2005. Hoje, o portfólio da empresa oferece mais de 250 itens para os mercados de pele e cabelo. Em 2010, a Chemyunion ingressou em uma nova era investindo na tecnologia de extração supercrítica para ingredientes de origem vegetal que hoje atendem aos critérios de clean beauty.

"A extração supercrítica oferece um grande diferencial competitivo. Apostamos nesta tecnologia limpa há mais de dez anos, com investimentos no valor de US$ 2 milhões. Atualmente, somos a única empresa no Brasil, e provavelmente na América do Sul, a dispor dessa tecnologia", ressalta Sérgio C. Gonçalves, diretor de Marketing do Grupo.

Estados Unidos, Colômbia e Europa

Para seguir crescendo, a Chemyunion expandiu suas atividades para outros mercados como Estados Unidos, onde abriu um escritório em 2015, e Colômbia, onde criou, em 2017, a Chemyunion Andina SAS. Paralelamente, o Grupo aos poucos se afirmou como um parceiro de primeiro plano no cenário internacional, graças a sua equipe técnica-comercial e rede de distribuidores. "Cerca de 30% do nosso faturamento provém de exportações para China, Colômbia, Estados Unidos, Europa, Índia, México, entre outros. Nossa meta para os próximos dos anos é que as exportações passem a corresponder a 40%", completa Sérgio C. Gonçalves. Com o objetivo é estabelecer uma base de negócios na Europa atualmente a empresa abriu um escritório em Portugal e, em médio prazo, abrirá também na Espanha.

No Brasil, a Chemyunion é parceira das principais empresas do setor de cosméticos, sobretudo com as fabricantes de produtos capilares, dado que este é o maior subsetor. "Em termos de exportação, a categoria mais importante para a Chemyunion é a de cuidados da pele, com grande potencial para o desenvolvimento do mercado de cuidados capilares”, garante Sérgio C. Gonçalves.

Estratégia de inovação

A inovação é parte integrante da estratégia da empresa. "Ela é a chave do sucesso", declara o diretor de Marketing. Nos últimos três anos, a Chemyunion investiu R$ 13 milhões na fábrica de Sorocaba, situada a uma hora da cidade de São Paulo. De um total aproximado de 130 funcionários, 20% trabalham no departamento de P&D da empresa. "Queremos ser reconhecidos como uma empresa inovadora que trabalha com tecnologia de ponta, uma empresa capaz de aceitar desafios e de atender às necessidades do mercado, posicionada como a principal referência para seus clientes", continua Sérgio C. Gonçalves. Atualmente, 17% do valor das vendas líquidas da Chemyunion é investido em inovação e 7%, em pesquisa e desenvolvimento.

Uma excelente ilustração é o investimento feito no único extrator de CO2 supercrítico do Brasil e na pesquisa na área de botânica para o desenvolvimento de ingredientes naturais. A empresa cultiva suas próprias plantas nos arredores da fábrica e possui 5 hectares de terras agrícolas, onde são cultivadas mais de 100 espécies vegetais.

As próximas etapas envolvem o desenvolvimento de probióticos e prebióticos, bem como de peptídeos recombinantes - mas isso requer novas instalações e a contratação de mais profissionais. O setor de dermocosméticos, que vem registrando um expressivo crescimento no Brasil, é também uma das prioridades da Chemyunion em matéria de pesquisa e desenvolvimento.

Para completar, em breve a empresa investirá R$ 3 milhões na ampliação de sua fábrica.

Kristel Milet e Vincent Gallon
(Tradução: Maria Marques)

Portfólio

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Victoria's Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

Laurence Bacilieri
Victoria’s Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

O cancelamento do show da Victoria’s Secret não chegou a ser uma surpresa. Em maio, o jornal New York Times já havia revelado que o desfile não teria mais patrocínio para a transmissão pela televisão. "A Victoria’s Secret precisa se reinventar para crescer. Por isso, decidimos repensar o tradicional Fashion Show da marca e criar um evento (...)

+ informações

Seções