Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Embalagem e design

Orçada em US$ 125 milhões, nova fábrica de papelão ondulado da WestRock aumentará em 25% sua capacidade no Brasil

País representa 3% do faturamento global da empresa, sendo a operação de maior rentabilidade da companhia em todo o mundo.

A WestRock completou 75 anos de atividades no Brasil no ano passado, anunciando investimentos que não só asseguram sua continuidade no país, como ampliam a sua capacidade produtiva. Uma das líderes globais em soluções em papel e embalagens, com mais de 300 unidades no mundo, a multinacional norte-americana empregará US$ 125 milhões para construir na cidade de Porto Feliz, interior São Paulo, a sua maior fábrica de papelão ondulado.

Cynthia Wolgien, gerente de comunicacao corporativa da WestRock (...)

Cynthia Wolgien, gerente de comunicacao corporativa da WestRock Brasil

O projeto da nova planta vinha sendo desenvolvido desde 2012, quando a empresa investiu US$ 480 milhões para dar início à produção de papel kraft de alta performance (HyPerform) na unidade de Três Barras, no estado de Santa Catarina. A crise econômica no país adiou temporariamente os planos da diretoria, mas trabalhando muito próxima à capacidade limite, a expansão era apenas uma questão de tempo.

A atual fábrica de papelão ondulado da WestRock Brasil foi inaugurada nos anos 1940, em Valinhos, que fica a 80 km de Porto Feliz. Além de apresentar uma estrutura física antiga e não passar por uma renovação tecnológica expressiva há mais de 15 anos, a matriz foi instalada na região central da cidade, o que inviabiliza o seu crescimento. Ela deve ser desativada no segundo trimestre de 2019, quando a empresa iniciar as atividades de sua megaplanta.

Nos últimos anos, analisamos terrenos em Valinhos para a construção da nova fábrica, mas as buscas foram infrutíferas em razão do layout específico e do tamanho necessário para a operação. A cerca de 1h30 da capital paulista e dispondo de uma excelente malha logística, Porto Feliz está estrategicamente localizada para atender aos segmentos da indústria de São Paulo e aos mercados em franco desenvolvimento nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do país”, afirma Cynthia Wolgien, gerente de comunicação corporativa da WestRock.

Segundo a WestRock, a unidade ocupará uma área de 240 mil m² e contará com equipamentos de última geração, incluindo novas impressoras e onduladeira, o que a possibilitará processar 400 milhões de m² de papelão ondulado por ano, um aumento de 25% de sua capacidade no país. “Trata-se, seguramente, da maior e mais produtiva fábrica de conversão da América Latina. Além de maior capacidade de produção, o projeto de Porto Feliz proporcionará grande vantagem de diferenciação de portfólio e uma proposta de valor incomparável aos nossos clientes”, afirma Wolgien.

O Brasil representa atualmente cerca de 3% do faturamento global da WestRock. No ano fiscal de 2017, encerrado no mês de setembro, o total de vendas líquidas foi de US$ 14,8 bilhões. A operação brasileira, que registrou receita de R$ 1,4 bilhão no período, é a de maior rentabilidade da companhia em todo o mundo, e ocupa a segunda posição em fornecimento de embalagens de papelão no país, com uma fatia de 8% do mercado, atrás apenas da líder Klabin.

De acordo com dados da empresa, a indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos corresponde hoje a 10% da produção de embalagens da WestRock no Brasil. No início do ano passado, a multinacional vendeu para a norte-americana Silgan a sua antiga divisão de saúde e beleza, que fabricava válvulas, sprays e pulverizadores para diversos tipos de produtos do segmento. A transação movimentou US$ 1 bilhão e envolveu a aquisição 13 unidades industriais. “A decisão de venda do negócio foi baseada na meta da WestRock de ser o principal parceiro e fornecedor único de soluções vencedoras em embalagens de papel e papelão para os seus clientes”, declara a gerente de comunicação da empresa.

Renata Martins

Portfólio

© 2018 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Na 31ª edição da feira Luxe Pack Monaco, o júri do Luxe Pack in Green Awards, um prêmio anual que reconhece as soluções de embalagem mais ecológicas no setor de luxo, bem como as ações corporativas responsáveis, designou os vencedores do ano 2018. Qualipac ganha o prêmio na categoria Packaging Solutions O preço da melhor solução de (...)

+ informações
Palavra de especialista
O Brasil é a nova Coreia do cabelo?

Emmanuelle Bassmann
O Brasil é a nova Coreia do cabelo?

A Brasil International Beauty Fair é a maior feira comercial de beleza da América do Sul. A edição 2018 aconteceu em 08 -11 de setembro de 2018 em São Paulo, Brasil. Veja a seguir uma visão geral das principais tendências e destaques em inovação de produto. O Brasil sempre foi reconhecido por ser inovador no setor de beleza. (...)

+ informações

Seções