Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Inovação e novidades

L’Oréal segue tendência natural e oferece tinturas capilares à base de plantas

A demanda por ingredientes naturais vem ganhando terreno no mercado de beleza há vários anos, inclusive no segmento de coloração para cabelos. Muitos salões de beleza têm apostado na tendência, construindo seu sucesso em torno desse tema. As grandes marcas também aderiram ao movimento, levando ao grande público inovações na área de colorimetria capilar. Um bom exemplo é a L’Oréal, que lançou uma linha inédita de tinturas.

A divisão de Produtos Profissionais da gigante do setor de cosméticos acaba de anunciar o lançamento da gama Botanéa, sua primeira linha de tinturas para cabelos 100% vegetal. A coleção, que exclui os produtos sintéticos tradicionalmente presentes nos ingredientes de tinturas capilares, prioriza colorantes de origem vegetal obtidos a partir de plantas indianas, oferecendo aos profissionais três tipos de pós - henna, cássia e indigo - impregnados de óleo de coco.

Os três produtos que formam a linha foram desenvolvidos para uso profissional e começarão a ser distribuídos aos salões da Europa a partir de maio de 2018. Inicialmente, a novidade deverá estar disponível em cerca de 30% dos cabeleireiros que trabalham com as gamas L’Oréal Professionnel.

Os três produtos que formam a linha foram desenvolvidos para uso (...)

Os três produtos que formam a linha foram desenvolvidos para uso profissional. Foto: © Courtesy of L’Oréal

Para completar, algumas matérias publicadas nas mídias afirmam que a L’Oréal estaria preparando o lançamento de tinturas naturais para cabelos destinadas ao grande público.

Tendência lucrativa

Neste último ano, a beleza natural e sustentável mostrou ser uma tendência que oferece bom retorno financeiro. Várias marcas estão caminhando a passos largos rumo à adoção de um modelo industrial que leve mais em conta as questões ambientais e éticas.

Considerado um mercado de nicho no passado, os cosméticos naturais ganharam destaque ultimamente, em particular graças à atuação de marcas como Lush, Neal’s Yard e Tarte Cosmetics, hoje bem conhecidas. Paralelamente, os produtos com selo vegetaliano e veganos, que excluem ingredientes de origem animal ou testados em animais, têm conquistado crescente popularidade, tendo como carros-chefe as marcas Kat Von D, Too Faced e Fenty Beauty, da Rihanna.

L'Oréal anunciou uma cor vegan par o cabelo. Foto: © Éric Piermont / (...)

L’Oréal anunciou uma cor vegan par o cabelo. Foto: © Éric Piermont / AFP

Tudo indica que a demanda por produtos naturais continuará a crescer em 2018. Segundo pesquisa publicada em novembro pela agência de estudos de mercado Mintel, a busca por modelos locais e o progresso das biotecnologias deverão estimular o desenvolvimento de ingredientes naturais, que serão a base de uma das principais tendências da indústria de beleza neste próximo ano.

Brazil Beauty News com AFP/Relaxnews
Tradução: Maria Marques

© 2017 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Na 31ª edição da feira Luxe Pack Monaco, o júri do Luxe Pack in Green Awards, um prêmio anual que reconhece as soluções de embalagem mais ecológicas no setor de luxo, bem como as ações corporativas responsáveis, designou os vencedores do ano 2018. Qualipac ganha o prêmio na categoria Packaging Solutions O preço da melhor solução de (...)

+ informações
Palavra de especialista
O Brasil é a nova Coreia do cabelo?

Emmanuelle Bassmann
O Brasil é a nova Coreia do cabelo?

A Brasil International Beauty Fair é a maior feira comercial de beleza da América do Sul. A edição 2018 aconteceu em 08 -11 de setembro de 2018 em São Paulo, Brasil. Veja a seguir uma visão geral das principais tendências e destaques em inovação de produto. O Brasil sempre foi reconhecido por ser inovador no setor de beleza. (...)

+ informações

Seções