Sobre Juliana Martins

Juliana Martins é especialista sênior de Beleza e Cuidados Pessoais da Mintel no Brasil. Profissional de Marketing e Comunicação com mais de dez anos de experiência, ela tem ajudado as empresas a melhor entender o comportamento do consumidor e a como posicionar suas marcas da melhor maneira possível para ter o máximo de retorno sobre o investimento. Tendo trabalhado durante quatro anos com Inteligência de Mercado na Chanel Parfums Beauté, em Paris, Juliana tem um sólido conhecimento dos insights e tendências que permeiam o mercado global de beleza. Ela é formada em Jornalismo pela PUC-Rio e tem dois MBAs na França, um em Comunicação Empresarial e outro em Marketing.

A Mintel é a agência líder mundial em inteligência de mercado. Por mais de 40 anos, as análises da Mintel, feitas a partir de pesquisa de mercado com dados da mais alta qualidade, têm impactado no sucesso de nossos clientes. Com escritórios em Londres, Chicago, Xangai, Belfast, Düsseldorf, Kuala Lumpur, Mumbai, Munique, Nova York, São Paulo, Seoul, Singapura, Sydney, Tóquio, e Toronto, a Mintel moldou uma reputação de uma marca mundial renomada.

Para mais informações sobre a Mintel, por favor visite brasil.mintel.com.

Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Lipotec - Lubrizol
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Recebemos todos os dias notícias sobre o Aquecimento Global, e vemos imagens de suas consequências em todo o Planeta. O número de espécies de animais e plantas em perigo de extinção só aumenta e os governos ainda estão longe de promover leis que realmente ajudem a parar a mudança climática. Neste contexto, são os consumidores comuns que (...)

+ informações

Seções