Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ambiente

"É possível conciliar desempenho ambiental e desempenho econômico", afirma Alexandra Palt, da L’Oréal

Dois anos antes do prazo fixado para a conclusão do seu programa de desenvolvimento sustentável "Sharing Beauty With All", a L’Oréal já registra resultados que superam alguns dos objetivos anunciados em 2013. Em apoio a essa iniciativa, o Grupo criou a ferramenta de concepção ecológica SPOT (Sustainable Product Optimization Tool), com o objetivo de garantir a melhoria contínua do perfil ambiental e/ou social de todos os seus produtos até 2020. Entrevistada pelo site Brazil Beauty News, Alexandra Palt, diretora de RSE do Grupo, faz um balanço das ações empreendidas no âmbito do programa.

Alexandra Palt, diretora de RSE do Grupo L'Oréal

Alexandra Palt, diretora de RSE do Grupo L’Oréal

Brazil Beauty News - Por que a L’Oréal criou o SPOT, ferramenta de avaliação inédita na indústria?

Alexandra Palt - Basicamente, para ajudar a empresa a cumprir a meta fixada para 2020, que consiste em melhorar o perfil ambiental ou social de todos os produtos. A primeira coisa que fizemos foi identificar os fatores passíveis de determinar uma mudança no perfil dos produtos. Entretanto, precisávamos de uma ferramenta operacional que pudesse ser utilizada no dia a dia por todas as marcas do Grupo. O SPOT foi elaborado com a colaboração de especialistas internacionais e, em seguida, submetido à apreciação de todos os protagonistas do processo.

Atualmente, cada produto desenvolvido pelo Grupo passa pelo crivo dessa ferramenta. No caso de uma nova versão de um produto, o desempenho ambiental e social do novo produto é comparado com o da versão anterior. No caso de um produto inédito, a referência corresponde à média da categoria na qual o produto em desenvolvimento se posiciona.

Estimamos que, nos sete anos de duração do programa, 90% a 100% de todos os produtos da L’Oréal terão sido avaliados pelo SPOT. Em todos os casos, a ideia é melhorar a nota de cada produto.

Brazil Beauty News - Que fatores podem melhorar o perfil ambiental e social dos produtos?

Alexandra Palt - Muitos aspectos são levados em conta: a pegada de água da fórmula, sua biodegradabilidade, a proporção de ingredientes de origem vegetal e insumos obtidos por métodos sustentáveis, bem como o tamanho, o peso e a forma da embalagem e os materiais usados na sua fabricação.

Brazil Beauty News - O que dizem os primeiros resultados do programa "Sharing Beauty With All"?

Entrevista concedida a Kristel Milet Eles dizem que, de maneira geral, vamos cumprir a maioria dos objetivos do programa no prazo fixado. Aliás, alguns desses objetivos já foram amplamente superados. Por exemplo, em relação a 2005, a emissão de carbono foi reduzida em 73%. Um resultado realmente espetacular, considerando que o objetivo fixado era de 60%, e que o volume de produção cresceu 33% nesse mesmo período.

O mais importante é que conseguimos transformar completamente a maneira como a empresa se posiciona no mercado. O princípio de desenvolvimento sustentável passou a pesar em cada decisão estratégica, em cada produto que desenvolvemos. Ele agora é parte integrante de como a L’Oréal atua e faz negócios. Acredito que isso seja uma das razões pelas quais a empresa tenha conquistado a melhor classificação do mundo em matéria de desenvolvimento sustentável. (NdR: A L’Oréal foi uma das duas únicas empresas do mundo — e a única francesa —, entre mais de três mil companhias avaliadas, a ter recebido, em 2017, a avaliação "AAA", que corresponde à melhor nota no ranking realizado pelo CDP, organismo encarregado de analisar o impacto das empresas nas mudanças climáticas).

Brazil Beauty News - A atitude do consumidor vem acompanhando essa evolução da mentalidade em relação ao meio ambiente?

Alexandra Palt - A atitude dos consumidores vem evoluindo muito, e as mudanças já são visíveis. Porém, embora muitos estudos mostrem que, cada vez mais, os consumidores defendem os princípios de desenvolvimento sustentável, nem todo mundo manifesta essa convicção na hora de comprar um produto.

Entrevista concedida a Kristel Milet

© 2018 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Luxe Pack prepara sua segunda edição em Los Angeles e anuncia nova locação em Nova York

Luxe Pack prepara sua segunda edição em Los Angeles e anuncia nova locação em Nova York

Luxe Pack, a feira B2B dedicado a embalagens de luxo, retornará na Costa Oeste para uma segunda edição na Los Angeles em 27 e 28 de fevereiro de 2019. Como no ano passado, o evento será realizado em conjunto com a MakeUp em Los Angeles, a feira B2B de acessórios, tendências e formulação de produtos de maquiagem e cuidados com a pele. O (...)

+ informações
Palavra de especialista
Baunilha de Madagascar - fim da crise... ou ainda não?

Rémi Pulverail
Baunilha de Madagascar - fim da crise... ou ainda não?

Na esteira do interessante relatório publicado pela Aust & Hachmann em novembro (Vanilla Market Update - November 2018), gostaríamos de enfatizar alguns aspectos que, ao nosso ver, merecem reflexão. O relatório é bastante otimista. Desnecessário dizer que todos nós desejamos o fim desta crise inabitual, visto que não traz vantagens (...)

+ informações

Seções