Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Aptar adquire Mega Airless e reforça presença no segmento de embalagens airless

A AptarGroup está prestes a incorporar a Mega Airless, uma das principais fornecedoras de dispensers airless para a indústria de cosméticos e produtos farmacêuticos. Com a operação, que movimentou 200 milhões de euros (cerca de R$ 900 milhões), a Aptar poderá completar sua carteira de produtos a fim de atender novos mercados.

A Mega Airless dispõe de duas fábricas, uma na Alemanha e a outra nos Estados Unidos. A empresa acumula mais de 30 anos de experiência e se tornou uma referência em tecnologia airless. Em 2015, o faturamento estimado da empresa foi de aproximadamente 61 milhões de euros (cerca de R$ 270 milhões), com EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) superior a 30% nos últimos três anos.

A Aptar fornece uma ampla gama de sistemas dispensadores para os mercados de cosméticos, produtos de limpeza, medicamentos, alimentos e bebidas. Com sede em Crystal Lake, em Illinois, a empresa dispõe de fábricas na América do Norte, Europa, Ásia e América do Sul, empregando ao todo mais 13 mil funcionários.

A operação aguarda aprovação das autoridades competentes e deverá ser concluída ainda no primeiro trimestre de 2016.


Tradução: Maria Marques

Portfólio

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Luxe Pack prepara sua segunda edição em Los Angeles e anuncia nova locação em Nova York

Luxe Pack prepara sua segunda edição em Los Angeles e anuncia nova locação em Nova York

Luxe Pack, a feira B2B dedicado a embalagens de luxo, retornará na Costa Oeste para uma segunda edição na Los Angeles em 27 e 28 de fevereiro de 2019. Como no ano passado, o evento será realizado em conjunto com a MakeUp em Los Angeles, a feira B2B de acessórios, tendências e formulação de produtos de maquiagem e cuidados com a pele. O (...)

+ informações
Palavra de especialista
Green, Clean... e o que mais?

Pascale Brousse
Green, Clean... e o que mais?

A força da nova tendência é visível. Para ser desejável, um produto deve ser green, clean e cool, de preferência seguindo os modelos de marcas Indie e DNVB [1]. Green - porque ser natural tornou-se um princípio de base para qualquer produto. Clean - porque a ausência de substâncias poluentes ou duvidosas é outro pré-requisito importante. Cool (...)

+ informações

Seções