Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Tacit, a nova fragrância da Aesop

Tacit foi formulada em colaboração com a perfumista Céline Barel (IFF). A nova fragrância da Aesop nasceu de duas inspirações principais: as notas frescas das colônias tradicionais e a costa do Mediterrâneo - pela frágil e delicada vegetação, cultura e topografia.

A fórmula combina ingredientes refinados, provenientes de todas as partes do mundo. É intimista nas notas cítricas inspiradas em Yuzu, mas distintamente contemporânea no uso liberal do Manjericão Grand Vert.

O nome faz alusão àquilo que é implicitamente compreendido, e não expressamente comunicado. Remete a algo misterioso, quase indefinível, melhor vivenciado do que explicado.

Tacit é expressado visualmente por meio de um video assinado pelo designer e artista generativo australiano Jonathan McCabe, no qual inputs de informação são convertidos em algoritmos que dirigem o movimento de cores e padrões. Os inputs para este trabalho vieram de uma peça musical — uma das inspirações originais para a fragrância — e de um áudio de Céline Barel falando sobre o processo de desenvolvimento. O músico e compositor norte-americano Jesse Paris Smith criou a trilha sonora.

Tacit está disponível em todas as Aesop signature stores e em a loja online da marca: www.aesop.com

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

A próxima edição da FCE Cosmetique será realizada entre os dias de 21 a 23 de maio de 2019, no São Paulo Expo, e apresentará as principais inovações e tendências tecnológicas para o segmento da indústria cosmética. Em 2018, a mais grande exposição de tecnologia para a indústria cosmética no Brasil atraiu mais de 16 mil visitantes, entretanto, (...)

+ informações
Palavra de especialista
Green, Clean... e o que mais?

Pascale Brousse
Green, Clean... e o que mais?

A força da nova tendência é visível. Para ser desejável, um produto deve ser green, clean e cool, de preferência seguindo os modelos de marcas Indie e DNVB [1]. Green - porque ser natural tornou-se um princípio de base para qualquer produto. Clean - porque a ausência de substâncias poluentes ou duvidosas é outro pré-requisito importante. Cool (...)

+ informações

Seções