Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Revlon compra Elizabeth Arden por US$ 419 milhões

Revlon anunciou que vai comprar a rival Elizabeth Arden. A oferta de US$ 14 por ação avalia a Elizabteh Arden em cerca de US$ 870 milhões (R$ 3 bilhões de reais). O objetivo é a criação de um novo jogador importante na indústria global de cosméticos e ajudar as empresas a competir com rivais endinheirados como Estée Lauder e L’Oréal.

Com essa operação a Revlon quer expandir sua marca para perfumes e cuidados com a pele. A empresa também vê oportunidades de crescimento em regiões importantes em que Elizabeth Arden é forte, como China e outros países asiáticos.

Elizabeth Arden tem uma forte presença no mercado de cosméticos de luxo, principalmente na categoria de anti-envelhecimento, com marcas como Prevage, Ceramidas e SuperStart. Suas fragrâncias são assinadas por celebridades como Britney Spears, Justin Bieber e Taylor Swift. Revlon é forte em tinturas de cabelo e esmaltes, que são distribuídos principalmente através de canais de varejo de massa e salões de beleza em 130 países.

Vemos grandes oportunidade de crescimento onde eles são fortes e nós não,” afirmou o CEO da Revlon Fabian Garcia.

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Lipotec - Lubrizol
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Recebemos todos os dias notícias sobre o Aquecimento Global, e vemos imagens de suas consequências em todo o Planeta. O número de espécies de animais e plantas em perigo de extinção só aumenta e os governos ainda estão longe de promover leis que realmente ajudem a parar a mudança climática. Neste contexto, são os consumidores comuns que (...)

+ informações

Seções