Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Receita líquida de Natura &Co cresce em todas as marcas no 3º trimestre

Natura &Co registrou forte crescimento no terceiro trimestre de 2019, com aumento da receita em suas três marcas: Natura, The Body Shop e Aesop.

O grupo também deu passos importantes para o fechamento da aquisição da Avon Products, Inc.: apenas alguns dias após o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) ter aprovado a transação sem ressalvas, hoje os acionistas de Natura e Avon votaram a favor da aquisição em suas respectivas assembleias extraordinárias. Dessa forma, o grupo está no caminho para que o fechamento da aquisição aconteça no primeiro trimestre de 2020, como planejado, criando o quarto maior grupo exclusivo de beleza no mundo, líder na relação direta com o consumidor.

A receita líquida consolidada de Natura &Co alcançou R$ 3,5 bilhões no terceiro trimestre, alta de 7,2% em bases reportadas, e de 10,1% em moeda constante. O EBITDA ajustado ficou em R$ 459,3 milhões, enquanto o lucro líquido foi de R$ 68,6 milhões, reflexo de investimentos programados da Natura em sua marca e em digitalização, além de custos não-recorrentes relacionados à aquisição da Avon. Entre janeiro e setembro, a receita líquida aumentou 6%, para R$ 176,6 milhões.

"Natura &Co registrou um notável desempenho de vendas no terceiro trimestre, superando expectativas, com crescimento de dois dígitos em moeda constante. Todos os negócios e marcas contribuíram positivamente para o resultado, apesar de um mercado desafiador no Brasil, onde ainda assim a Natura continuou a ganhar participação, e em Hong Kong, que impactou a The Body Shop e Aesop”, afirmou Roberto Marques, presidente executivo do Conselho de Administração de Natura &Co.

A receita líquida ajustada da Natura aumentou 8,1% no terceiro trimestre, impulsionada por lançamentos inovadores de produtos. A produtividade por consultora aumentou pelo 12º trimestre consecutivo, a plataforma digital da Natura (com website e app dedicados à atividade de Consultoria) alcançou 860 mil usuários, enquanto as vendas digitais aumentaram em dois dígitos. Na América Latina, o avanço da receita líquida ajustada em reais foi de 10,2% e, em moeda constante, de 28,8%. Na Argentina, o forte desempenho ocorreu em meio a um cenário desafiador, enquanto o México e a Colômbia também apresentaram crescimento.

A The Body Shop continua a mostrar bons resultados de seu plano de transformação. A receita líquida cresceu 1,1% em reais e 3,8% em moeda constante. Excluindo os efeitos dos eventos em Hong Kong, o aumento da receita em moeda constante teria sido de 6,4%. As vendas das lojas próprias, em bases comparáveis, aumentaram 3,1% no Reino Unido, o que ressalta a atratividade da marca em seu maior mercado. O EBITDA ajustado foi de R$ 69 milhões, com margem de 7,4%, impactado pelos eventos em Hong Kong. Excluindo esse efeito, a margem EBITDA ajustada aumentou 30 pontos-base, para 8,0%.

A Aesop, por sua vez, teve mais um trimestre de forte crescimento. A receita aumentou 10,8% em reais e 10,2% em moeda constante. No conceito "mesmas lojas", as vendas subiram 9% no trimestre, e ainda houve a abertura de mais quatro lojas exclusivas no período, elevando o total para 240. A margem EBITDA no trimestre foi de 12%, alta de 300 pontos-base.

A relação entre dívida líquida e EBITDA de Natura &Co ficou em 2,98 vezes, queda em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (3,27 vezes). O grupo continua no caminho certo para atingir a meta de redução do endividamento da companhia para o nível anterior à aquisição da The Body Shop, de 1,4 vez até 2021.

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Índia desponta como novo gigante do mercado de beleza

Asia Cosme Lab
Índia desponta como novo gigante do mercado de beleza

Graças ao crescimento de sua população jovem (atualmente a maior do mundo), ao aumento de sua classe média e à expansão do uso da internet tanto nas cidades como nas zonas rurais, a Índia está a um passo de se tornar o próximo gigante do mercado de beleza, seguindo o exemplo da China. A agência Asia Cosme Lab mergulhou no fascinante mercado (...)

+ informações

Seções