Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Inventiva usa nanotecnologia para reduzir os efeitos colaterais do retinol

O retinol é considerado um dos mais potentes ativos no processo de renovação celular, mas efeitos colaterais como irritação e descamação da pele fizeram com que ele fosse gradualmente substituído por outros ingredientes em formulações de cuidados com a pele.

Porém, tudo indica que o retinol acaba de ganhar uma nova chance com a indústria de cosméticos. Em pesquisa e desenvolvimento inéditos, a empresa brasileira Inventiva lançou o NanoRetinol, que consiste no uso da nanotecnologia para o encapsulamento do ativo, visando a redução da sua toxicidade. A tecnologia é indicada para géis, emulsões e séruns.

O NanoRetinol foi avaliado clinicamente e em cultura de células no laboratório Syntivia, na França. Segundo a farmacêutica Cândice Felippi, diretora da Inventiva, os resultados demonstraram que, além de reduzir os efeitos colaterais, a nanotecnologia aplicada ao retinol foi capaz de aumentar em 26% a síntese de colágeno nas células da pele, acelerando o processo de renovação celular e reduzindo rugas e linhas de expressão.

Através da nanotecnologia, o princípios ativos são encapsulados e transformados em nanopartículas. Elas são capazes de penetrar nas camadas mais profundas da epiderme, potencializando e prolongando os efeitos de hidratação, prevenção, reparação e proteção de pele, cabelos e unhas.

Já a redução dos efeitos colaterais ocorre porque o retinol não tem contato direto com a pele, mas sim com a parede de nanopartículas, compostas por matérias-primas naturais como óleos vegetais e manteigas. Elas têm uma grande afinidade com pele e não causam nenhum tipo de reação, irritação ou descamação.

No Brasil, os produtos com retinol na fórmula devem ter concentração máxima de 0,3%, segundo norma da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). O NanoRetinol contém 1% de retinol e possibilita até 30% de sua incorporação em formulações cosméticas para ser compatível com os padrões permitidos. Para produtos anti-idade, a Inventiva recomenda uma concentração de 1% a 10% de NanoRetinol nas formulações. Já para BB Creams, o teor indicado é de 0,5% a 3%.

A Inventiva é uma empresa gaúcha criada em 2008. Possui laboratório próprio e é especializada na produção de ativos cosméticos para rosto, cabelo, corpo e unhas, usando a nanotecnologia como base.

© 2015 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
INFINITE BEAUTY. Embracing the future

Lipotec - Lubrizol
INFINITE BEAUTY. Embracing the future

Tecnologias que eram impensáveis há apenas uma década são agora itens essenciais indispensáveis. Levamos nossas vidas em nossos smartphones. Existe um aplicativo para quase tudo. E a tecnologia wearable, a realidade aumentada e a inteligência artificial estão criando possibilidades ilimitadas para mover, executar, ver e se sentir melhor do (...)

+ informações

Seções