O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra de 100% da empresa de cosméticos Vult pelo grupo Boticário. O negócio, cujo valor não foi revelado, teve seu anúncio no dia 9 de março.

Em uma decisão publicada nesta quarta-feira no “Diário Oficial da União” (DOU), o Cade entendeu que a operação não gera preocupações concorrenciais porque a participação conjunta das duas empresas ficará abaixo de 20% do mercado brasileiro.

Daniela Cruz, sócia-diretora, Vult Cosmética

Daniela Cruz, sócia-diretora, Vult Cosmética

A Vult Cosmética está no mercado desde 2004 e tem amplo portfólio de produtos cosméticos e maquiagem, de acordo com a empresa. Atualmente, está presente em 35 mil pontos de venda pelo país, com forte atuação em lojas multimarcas e farmácias.

Com a aquisição, o Grupo Boticário passa a ser a segunda maior companhia do segmento de maquiagem do país, com uma participação de mercado de 15 por cento, superando a Natura e ficando atrás apenas da Avon, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado Euromonitor International. O Grupo Boticário já controlava cinco unidades de negócio - O Boticário, Eudora, quem disse, berenice?, The Beauty Box e Multi B.