Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Cade aprova compra da Vult pelo Grupo Boticário

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra de 100% da empresa de cosméticos Vult pelo grupo Boticário. O negócio, cujo valor não foi revelado, teve seu anúncio no dia 9 de março.

Em uma decisão publicada nesta quarta-feira no “Diário Oficial da União” (DOU), o Cade entendeu que a operação não gera preocupações concorrenciais porque a participação conjunta das duas empresas ficará abaixo de 20% do mercado brasileiro.

Daniela Cruz, sócia-diretora, Vult Cosmética

Daniela Cruz, sócia-diretora, Vult Cosmética

A Vult Cosmética está no mercado desde 2004 e tem amplo portfólio de produtos cosméticos e maquiagem, de acordo com a empresa. Atualmente, está presente em 35 mil pontos de venda pelo país, com forte atuação em lojas multimarcas e farmácias.

Com a aquisição, o Grupo Boticário passa a ser a segunda maior companhia do segmento de maquiagem do país, com uma participação de mercado de 15 por cento, superando a Natura e ficando atrás apenas da Avon, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado Euromonitor International. O Grupo Boticário já controlava cinco unidades de negócio - O Boticário, Eudora, quem disse, berenice?, The Beauty Box e Multi B.

Portfólio

© 2018 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
Victoria's Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

Laurence Bacilieri
Victoria’s Secret ou o fracasso de um posicionamento conservador

O cancelamento do show da Victoria’s Secret não chegou a ser uma surpresa. Em maio, o jornal New York Times já havia revelado que o desfile não teria mais patrocínio para a transmissão pela televisão. "A Victoria’s Secret precisa se reinventar para crescer. Por isso, decidimos repensar o tradicional Fashion Show da marca e criar um evento (...)

+ informações

Seções