Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Embalagem e design

"A Aptar comprovou a solidez de suas cadeias de suprimentos", diz Marc Prieur

Diante da crise sem precedentes que afetou a economia mundial, o Grupo Aptar soube mobilizar sua dimensão global e seu sistema de produção regional para acompanhar as mudanças que marcaram a demanda nesse período, sem perder de vista a segurança das equipes. Com o respaldo de uma rede de fábricas prioritariamente voltadas para os mercados locais e regionais, o parque de produção da empresa mostrou sua solidez e a adequação às exigências de confiabilidade, agilidade e sustentabilidade que caracterizam o mercado de amanhã. Confira a seguir as explicações de Marc Prieur, presidente da divisão Beauty + Home da Aptar.

Marc Prieur, presidente da divisão Beauty + Home da Aptar

Marc Prieur, presidente da divisão Beauty + Home da Aptar

Premium Beauty News - No auge da crise, a Aptar Beauty + Home arregaçou as mangas, fazendo o possível e o impossível para fornecer aos clientes os componentes necessários à fabricação de produtos de maior urgência, como álcool em gel. De que forma a empresa conseguiu fazer isso?

Marc Prieur - A Aptar é uma empresa global, com fábricas espalhadas pelo mundo todo, em particular na China. Essas unidades foram as primeiras a sentir o impacto do aparecimento do novo coronavírus. As medidas sanitárias tomadas pelo Grupo na Ásia (distanciamento e desinfecção, por exemplo) foram também aplicadas às unidades na Europa, com algumas melhorias, naturalmente. Com isso, conseguimos reagir em tempo hábil, adaptar nosso funcionamento às novas normas e, acima de tudo, proteger os funcionários.

Na Europa, decidimos manter a atividade durante toda a crise, mas, em função de cada unidade, as condições eram bem diferentes. Enquanto em algumas categorias de produtos houve uma queda brutal da atividade, em outras a demanda disparou. Assim sendo, algumas fábricas funcionaram a todo vapor, justamente para fornecer componentes (bombas, saias, válvulas, etc.) para frascos de álcool em gel. A título de exemplo, uma das empresas às quais fornecemos componentes foi o Grupo LVMH, que não trabalhava com esse tipo de produto antes da crise.

Em relação à logística, um diferencial importante da Aptar é seu modelo de negócios regional, com cadeias de suprimentos locais. Bem antes da crise, já tínhamos implementado um sistema que envolve abastecimento duplo e estoques de reserva. Conseguimos mostrar a solidez de nossas cadeias de suprimentos e não registramos nenhuma interrupção significativa nas entregas, embora alguns de nossos fornecedores tenham provisoriamente fechado as portas.

Premium Beauty News - Atualmente, qual é a situação das fábricas da Aptar Beauty + Home nas diversas regiões do mundo?

Marc Prieur - As unidades estão atravessando estágios diferentes da pandemia. De maneira geral, todas as fábricas estão funcionando, mas nem todas estão operando em capacidade plena. Em algumas unidades, a demanda caiu, o que nos levou a recorrer a soluções como lay off nos países em que a legislação permite.

Na China, as operações foram retomadas e voltaram praticamente ao normal. Na Europa, estamos começando a sair da crise. Na América do Norte, a situação está menos clara, mas sabemos que o mercado é resiliente e que, no nosso caso, é focado no segmento de cuidados pessoais, com uma demanda sempre em alta.

A América Latina foi afetada mais tarde que outras regiões e se encontra atualmente no olho do furacão dessa pandemia. Em função do país, a situação está sendo gerenciada de forma diferente. Alguns dos nossos clientes, inclusive bem posicionados no setor de perfumes, tiveram sérios prejuízos, ainda que as redes de vendas diretas, principalmente on-line, tenham atenuado o impacto do isolamento. De maneira geral, temos observado que nossos clientes no Brasil e nessa região estão se organizando para uma retomada rápida das operações. Sabemos, porém, que o poder de compra dos consumidores provavelmente será mais baixo, sobretudo nos países com menor proteção social.

Premium Beauty News – A isso se soma o fato de que a situação não é a mesma em todas as categorias de produtos, certo?

Marc Prieur - O setor de fragrâncias, seja o mercado de prestígio ou o segmento de massa, está atravessando uma situação bem difícil. É com certeza a categoria que sofreu maior impacto, mais até do que o setor de maquiagem. Quanto aos cuidados da pele, a situação varia em função do tipo de produto. Por outro lado, as categorias de cuidados pessoais e de higiene doméstica, que respondem por metade do faturamento mundial da Aptar, têm apresentado ótimos resultados. É bem verdade que houve uma retração nos mercados de protetores solares e de produtos capilares para profissionais, mas essa queda foi compensada pelo crescimento da demanda por produtos de higiene.

Na Ásia, as operações foram retomadas, e temos observado novos projetos, uma dinâmica concreta e o retorno da demanda, que parece ter chegado para ficar.

Na Europa, a reabertura das lojas e a volta dos consumidores não deverão de imediato se traduzir em um aumento dos pedidos aos fornecedores. Alguns clientes fecharam suas unidades durante quase dois meses. Atualmente, esses clientes estão passando em revista suas carteiras de produtos e os estoques disponíveis.

Embora a atual crise não se pareça com nenhuma outra, nossa previsão é que as marcas priorizem inicialmente a redução dos estoques e que, em seguida, haja uma onda repentina de pedidos urgentes, que deveremos atender com extrema rapidez. Por isso é tão importante contar com cadeias de abastecimento regionais realmente ágeis.

Premium Beauty News - Qual é a sua visão em relação ao futuro imediato do mercado?

Marc Prieur - Como disse ainda agora, estamos diante de uma crise sem precedentes. Durante o período de isolamento, as pessoas gastaram menos. Nos países com um bom sistema de proteção social, a população conseguiu manter algum tipo de renda. Sabemos que estão sendo elaborados vários planos para relançar a economia, mas não sabemos ainda qual será o alcance desses planos. A realidade vai ser muito diferente de um continente a outro, ou até de um país a outro.

Premium Beauty News - Quais são os diferenciais da Aptar nesse novo cenário?

Marc Prieur - Primeiramente, a diversidade da carteira de produtos. Se, por um lado, o mercado Beauty + Home foi diretamente afetado pela crise, por outro lado tudo indica que 2020 será um ano de crescimento para o mercado de alimentos e bebidas, e que o consumo vai se manter sólido no setor de fármacos.

Em segundo lugar, a crise mostrou a solidez de nossas cadeias de suprimentos e a agilidade da organização regional implementada pela Aptar. Isso posiciona a empresa como um fornecedor essencial para grandes marcas globais. Em uma era como esta em que vivemos, na qual todo mundo fala em relocalizar a produção, não podemos deixar de constatar que o modelo de negócios da Aptar é perfeitamente adaptado às novas exigências e tendências que estão surgindo.

Por último, outro diferencial da Aptar é sua capacidade de inovação. Já estamos trabalhando para atender às novas tendências do mercado e os novos tipos de produtos de beleza que vão surgir com a crise.

Aliás, embora o meio ambiente e a sustentabilidade tenham ficado um pouco entre parênteses durante a crise, são temas que voltarão a ganhar a devida importância. A crise talvez se torne até um catalisador de mudanças, pois proporcionou uma maior conscientização. A Aptar investiu muito nessa área e, portanto, estará muito bem posicionada.

Premium Beauty News - Para concluir, o que o senhor hoje gostaria de dizer aos clientes?

Marc Prieur - Que o setor conseguirá superar esta crise, como superou outras crises no passado. Mas uma parceria mútua entre fornecedores e marcas é certamente a melhor maneira de vencer as turbulências. Todos nós temos que fazer um esforço. Ficamos muito felizes em ver que existe um diálogo, que esse diálogo é construtivo e que existe solidariedade no setor.

Entrevista concedida a Vincent Gallon
(Tradução: Maria Marques)

© 2020 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
A feira Luxe Pack New York adiada para setembro

A feira Luxe Pack New York adiada para setembro

Diante da propagação do novo coronavírus (COVID-19) em Nova York e nos Estados Unidos, os organizadores da feira Luxe Pack New York divulgam o adiamento do evento para 15 e 16 de setembro. O local permanece inalterado: Jacob K. Javits Convention Center (Hall 1B). Com essas novas datas, o evento será quase concomitante com o MakeUp in (...)

+ informações
Palavra de especialista
Proteja do sol, respeitando o planeta

Lubrizol Life Science - Lipotec
Proteja do sol, respeitando o planeta

A deterioração da camada de ozono fez com que a luz ultravioleta do sol nos atingisse de forma mais direta e afetasse negativamente a nossa pele. Em especial o aumento do número de melanomas, mas também o aparecimento de manchas, rugas e outros efeitos indesejados, sensibilizaram a população para a importância de proteger diariamente a (...)

+ informações

Seções