Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Natura parceria com o Google Cloud para testar seus cosméticos

A empresa de cosméticos Natura firmou uma parceria para a utilização do Google Cloud Platform. “Vimos Cloud como uma iniciativa estratégica, tanto em flexibilidade como redução de custos. Nossa meta é eliminar os datacenters próprio até 2020”, explica Felipe Moz, especialista de TI da Natura.

O uso da plataforma na nuvem surgiu como mais um componente de sustentabilidade em a trajetória da empresa. O mais recente projeto, iniciado em abril deste ano, é o que envolve os testes de ativos - substâncias utilizadas em seus produtos - em um ambiente virtual. Antes, estes testes eram feitos in vitro ou com seres vivos, mas a filosofia sustentável e a expansão da companhia falaram mais alto.

Na prática, o ambiente de Cloud realiza os testes a partir de algoritmos customizados pela própria Natura. No modelo é criada uma molécula virtual - a partir de uma substância/ativo real - em um ambiente no qual são simuladas as interações que ela pode passar, como variações de temperatura ou contato e absorção com a água.

Tecnicamente, o algoritmo roda no GKE (Google Kubernetes Engine), sistema de orquestração de containers open-source que automatiza a implementação, o dimensionamento e a gestão de aplicações nos repositórios de dados. Uma mudança radical. “Os testes em ‘bancada’ gastavam um tempo muito maior. Além disso, nossa metodologia atual investiga os componentes e as concentrações e reações sem usar a pele de uma pessoa ou de animais, simulando seu impacto”, continua Felipe Moz.

Os testes fomentam o ambiente de Bio-Lake - uma variação do Data Lake, um repositório de dados em seu formato natural com informações estruturadas e não estruturadas –, um “lago” de bioinformática alocado no Google Cloud Platform, no qual estão todas as métricas e dados das pesquisas e de negócios da Natura. Como o “bucket” do Bio-Lake é utilizado o GCS (Google Cloud Storage), e todo o upload de dados das amostras de componentes e essências para o repositório é feito diretamente das máquinas do laboratório. Um mix de IoT (Internet das Coisas) com gestão de dados.

Um experimento simples demonstra os ganhos em tempo e escala do projeto de testes, como a dinâmica feita a partir de uma mera caixa d´água. O que antes demorava 48 horas para seu processamento foi realizada em apenas 13 horas. Uma redução significativa quando são feitos de 200 a 300 processos como este simultâneos, algo possível pela escala computacional na nuvem.

Outro fator comemorado é o dos custos. Com apenas 10% do volume previsto para investimento no projeto de testes no ambiente virtual efetivamente utilizado, a Natura conseguiu canalizar os recursos para outros investimentos. “O resultado ficou muito abaixo da estimativa. Gastamos muito menos e conseguimos uma performance superior ao esperado. Com o custo menor por teste, acabamos realizando um volume ainda maior que o previsto”, contabiliza o especialista.

O próximo passo é expandir o conceito de “lago” de dados para outras áreas de negócios da Natura e mesmo para outros países. “Vamos fazer benchmark para as outras duas empresas do grupo. A tendência é que em meses o projeto se torne global. Elas vão utilizar o processo e a metodologia, e a solução de nuvem virá por osmose e baseada no que fizemos no Brasil”, projeta Moz.

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
INFINITE BEAUTY. Embracing the future

Lipotec - Lubrizol
INFINITE BEAUTY. Embracing the future

Tecnologias que eram impensáveis há apenas uma década são agora itens essenciais indispensáveis. Levamos nossas vidas em nossos smartphones. Existe um aplicativo para quase tudo. E a tecnologia wearable, a realidade aumentada e a inteligência artificial estão criando possibilidades ilimitadas para mover, executar, ver e se sentir melhor do (...)

+ informações

Seções