Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ciência e P&D

Compreender os mecanismos de comunicação intercelular no tecido cutâneo

A 29ª edição das Jornadas Europeias de Dermocosmetologia, organizada pelo CED (Centre Européen de Dermocosmétologie), reuniu um público numeroso em Lyon, na França, para trocar ideias e conhecimentos em torno de um tema central: o diálogo intercelular que ocorre no tecido cutâneo. O objetivo dos debates, como explicou o Professor David Kelsell na abertura do evento, é "tentar compreender por que o estresse sofrido por um tecido pode afetar outro tecido", a fim de "desenvolver soluções adaptadas a peles fragilizadas".

Diversidade de modos de comunicação intercelular

As formas de comunicação entre as células são variadas e, não raro, complexas. Dois meios de comunicação principais polarizam o interesse da comunidade científica: o modo direto, por contato físico, e o modo indireto, mediante a troca de sinais químicos entre células secretoras e células receptoras. A comunicação por meio de exossomos vem sendo amplamente estudada, em particular em pesquisas sobre câncer e cicatrização. Jérôme Lamartine, do laboratório LBTI, abordou uma questão importante: o envelhecimento afeta a comunicação intercelular?

O Dr. Matthieu Talagas, do Centro Hospitalar Universitário (CHU) de Brest, vem se dedicando a estudar as trocas de natureza física que ocorrem nas sinapses neurocutâneas. "Entre os neurônios e cada tipo de célula epidérmica existem contatos físicos, que podem ocorrer na forma de excrecências, sulcos ou túneis queratinocíticos", afirma ele.

Durante sua palestra, o Dr. Kaori Inoue, do Shiseido Global Innovation Center no Japão, mostrou que as moléculas de ATP e o glutamato liberados durante um estímulo mecânico agem como mediadores entre os queratinócitos e os neurônios, contribuindo para manter a homeostase da pele.

Homeostase tissular

Para o Professor Miroslav Radman, diretor do Instituto Mediterrâneo de Ciências da Vida, sediado em Split, na Croácia, a homeostase tissular desempenha um papel determinante no envelhecimento. "Há um grande número de canais de comunicação nos tecidos. A parabiose celular gera uma homogeneização funcional entre as células, compensando os defeitos de uma célula graças às células vizinhas, sem eliminar a que apresenta funcionamento defeituoso."

Na presença de fenômenos inflamatórios, a comunicação entre as células é interrompida pela ativação de proteases extracelulares. Com isso, a parabiose se desfaz e, como consequência, as células isoladas podem revelar patologias latentes e acelerar a morte celular.

Modelos de estudo semelhantes à pele humana

Para analisar o diálogo intercelular, as empresas têm utilizado modelos de pele cada vez mais elaborados. As peles atópicas têm sido alvo de estudos específicos. "O modelo que criamos associa a comunicação característica de um estado inflamatório com um distúrbio físico da função de barreira cutânea", explica Pauline Rouaud-Tinguely, da Silab.

Outro exemplo é a LabSkin Creation, que desenvolveu um modelo 3D obtido a partir de células patológicas enriquecidas com células imunitárias. Para reproduzir a pele humana da melhor maneira possível, o Dr. Christophe Marquette, do CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica) de Lyon, em colaboração com a LabSkin Creation, desenvolveu, por meio de bioimpressão 3D, um modelo completo de pele em três camadas, com hipoderme funcional. Essas iniciativas abrem perspectivas promissoras para compreender melhor o funcionamento da pele, bem como para aprimorar as técnicas de transplantes em vítimas de queimaduras graves.

Muitos outros temas enriqueceram os debates do congresso, como barreira cutânea e epiderme, microbiota, fibroblastos, adipócitos e células endoteliais.

Régine Frick
(Tradução: Maria Marques)


Portfólio

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

MakeUp in New York se desloca ao Javits Center para continuar seu crescimento

A última edição da feira MakeUp no NewYork, o evento B2B dedicado à cadeia de valor da indústria de maquiagem, foi um grande sucesso, segundo os organizadores. O evento, realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2019 no Center415 na 5th Avenue, Manhattan, recebeu mais de 3.800 visitantes, com crescimento de 12% do número de visitantes (...)

+ informações
Palavra de especialista
INFINITE BEAUTY. Embracing the future

Lipotec - Lubrizol
INFINITE BEAUTY. Embracing the future

Tecnologias que eram impensáveis há apenas uma década são agora itens essenciais indispensáveis. Levamos nossas vidas em nossos smartphones. Existe um aplicativo para quase tudo. E a tecnologia wearable, a realidade aumentada e a inteligência artificial estão criando possibilidades ilimitadas para mover, executar, ver e se sentir melhor do (...)

+ informações

Seções