Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

“Brasil é sinônimo de qualidade para a beleza dos cabelos”, Pedro Castro, BeautyClass

Enquanto outras áreas do mercado sofrem com a crise, há um segmento que cresce e prospera ao longo dos anos. Segundo a Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABHPP), o crescimento do mercado da beleza em 2017 foi de 1,5% e 2,5%, e a expectativa para este ano de 2018 é ainda maior.

Além de marcas como Avon e Natura que fazem sucesso lá fora devido à alta qualidade e inovação, agora os profissionais também estão em alta. São os mais reconhecidos e procurados internacionalmente. Acumulam milhões de seguidores e viajam o mundo dando curso.

Uma empresa que se destaca neste segmento, e aproveita a boa fase do mercado além de ajudar nessa propagação de conhecimento tornando esta profissão uma realidade é a BeautyClass. Em 6 meses após o lançamento já tem 15.000 assinantes online, e com números crescendo. Todos em busca de capacitação para atender à demanda do mercado. A empresa já grava cursos de profissionais e vende em formato de assinatura, a empresa já gravou cursos com um Australiano, Uruguaio e Russo. Mas os pedidos são sempre para brasileiros, nessa parte um se destaca, Romeu Felipe, considerado o maior especialista em loiros do mundo.

A empresa já atua em mais de cinco países, incluindo Rússia e Austrália e com centenas de assinantes em Portugal e Colômbia, tem o apoio da Wella e outras grandes marcas.

O mais intrigante é que apesar da carência de educação aparente no setor, o Brasil se destaca no mundo da beleza não só pelo volume, mas pela qualidade. Profissionais do mundo inteiro procuram os Brasileiros para aprender técnicas de mechas. Fenômeno parecido com o que já houve com a depilação (Brazilian Wax) e com a progressiva, que abominada por aqui roda com o mundo com o nome de Brazilian Keratin. O CEO da empresa, Pedro Castro diz que a venda para brasileiros que moram fora é muito alta e que eles costumam se dar muito bem por lá, tem clientes até no Japão.

mais recentes
Foco
FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

A próxima edição da FCE Cosmetique será realizada entre os dias de 21 a 23 de maio de 2019, no São Paulo Expo, e apresentará as principais inovações e tendências tecnológicas para o segmento da indústria cosmética. Em 2018, a mais grande exposição de tecnologia para a indústria cosmética no Brasil atraiu mais de 16 mil visitantes, entretanto, (...)

+ informações
Palavra de especialista
Green, Clean... e o que mais?

Pascale Brousse
Green, Clean... e o que mais?

A força da nova tendência é visível. Para ser desejável, um produto deve ser green, clean e cool, de preferência seguindo os modelos de marcas Indie e DNVB [1]. Green - porque ser natural tornou-se um princípio de base para qualquer produto. Clean - porque a ausência de substâncias poluentes ou duvidosas é outro pré-requisito importante. Cool (...)

+ informações

Seções