Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

ABIHPEC explica a Lei da Biodiversidade Brasileira para a indústria de cosméticos em Paris

No dia 03 de abril de 2019, em paralelo com a feira in-cosmetics Global, a Embaixada do Brasil em Paris, em parceria com a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), realizou um painel para discutir a lei da biodiversidade brasileira, sua aplicação e oportunidades para a indústria de cosméticos.

Além das empresas brasileiras produtoras de ingredientes naturais, o evento contou com a presença de grandes empresas mundiais do setor.

Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer melhor o marco regulatório brasileiro e compreender como ele tem tornado possível o uso da biodiversidade na indústria cosmética, promovendo o uso sustentável dos recursos naturais.

Uma comparação com as legislações de outros países (Peru, Índia, África do Sul) também permitiu destacar a importância da lei 13.123 de 20 de maio de 2015 em articulação com o Protocolo de Nagoya.

© 2019 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Lipotec - Lubrizol
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Recebemos todos os dias notícias sobre o Aquecimento Global, e vemos imagens de suas consequências em todo o Planeta. O número de espécies de animais e plantas em perigo de extinção só aumenta e os governos ainda estão longe de promover leis que realmente ajudem a parar a mudança climática. Neste contexto, são os consumidores comuns que (...)

+ informações

Seções