Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

A UE restringe o uso dos silicones D4 e D5 em cosméticos enxaguados

A Comissão Europeia decidiu limitar o uso dos silicones octametilciclotetrasiloxano (D4) e decametilciclopentasiloxano (D5) em cosméticos enxaguados para enfrentar os riscos para o ambiente decorrentes da utilização do D4 e do D5 quando descarregados em águas residuais. Os dos silicones são classificadas com substâncias muito persistentes e muito bioacumuláveis.

Por conseguinte, o Regulamento (UE) 2018/35 da Comissão de 10 de janeiro de 2018 [1] restringe a concentração de D4 e D5 em produtos cosméticos para lavagem a 0,1% em peso, após 31 de janeiro de 2020.

De acordo com a Comissão, “o limite de concentração de 0,1 % fixado por esta limitação assegura eficazmente que deixará de ocorrer qualquer utilização intencional de D4 e de D5, visto que, para a realização do seu objetivo previsto, estas substâncias devem estar presentes em produtos cosméticos enxaguados numa concentração muito mais elevada.

Essa restrição não se aplica aos produtos cosméticos destinados a permanecer em contato prolongado com a pele, o sistema piloso ou as mucosas. De fato, a Comissão considera que esses produtos “não representam a principal fonte de risco para o ambiente por parte do D4 e do D5.

REGULAMENTO (UE) 2018/35 DA COMISSÃO

Observações

[1*

© 2018 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

FCE Cosmetique aposta em atrações tecnológicas para profissionais da indústria cosmética

A próxima edição da FCE Cosmetique será realizada entre os dias de 21 a 23 de maio de 2019, no São Paulo Expo, e apresentará as principais inovações e tendências tecnológicas para o segmento da indústria cosmética. Em 2018, a mais grande exposição de tecnologia para a indústria cosmética no Brasil atraiu mais de 16 mil visitantes, entretanto, (...)

+ informações
Palavra de especialista
“Fazer o bem para se sentir bem” e indústria da beleza

Laurence Bacilieri
“Fazer o bem para se sentir bem” e indústria da beleza

A experiência "Do Good, Feel Good" é uma velha conhecida dos psicólogos: quanto mais fazemos o bem à nossa volta, mais nos sentimos bem. Hoje, esse fenômeno ganhou o universo da beleza e, sobretudo, o planeta. Nos últimos anos, várias iniciativas filantrópicas marcaram os espíritos: por exemplo, a contribuição da Estée Lauder para o combate (...)

+ informações

Seções