Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

A rede Farmafam começa a operar em e-commerce

A rede de farmácias Farmafam teve origem no ano de 1999, como farmácia privativa pertencente à AFAM (Associação Fundo de Auxílio Mútuo dos Militares do Estado de São Paulo). Seu principal foco era venda de medicamentos subsidiados aos seus associados, policiais militares do Estado de São Paulo, a preços mais baixos comparados aos do mercado, chegando a vender medicamentos com até 90% de desconto. Hoje possui 21 Unidades espalhadas pelo Estado de São Paulo e continua em expansão.

No final de 2010 a Farmafam passou a atender também o público civil com preços atraentes e abaixo do mercado atual. Com seu e-commerce relativamente novo e em crescimento, a Farmafam pretende atender todo o território nacional, pois entende que uma Rede de farmácias sem fins lucrativos, com qualidade e preço, precisa estar ao alcance de todos.

Com centro de distribuição próprio, leva ao cliente Farmafam os melhores prazos, fazendo da rede uma referência de bom custo-benefício dentro do mercado farmacêutico”, afirmou a empresa num comunicado.

A rede de farmácias Farmafam dispõe de uma linha completa de medicamentos e uma ampla e variada gama de produtos de higiene pessoal e perfumaria.

mais recentes
Foco
in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

in-cosmetics retorna ao Brasil nos próximos 18 e 19 de setembro

Quando se trata de beleza, o Brasil se tornou um criador de tendências na América Latina, graças à abundância dos recursos naturais e à propensão à inovação. Agora o quarto maior mercado do mundo, o país sediará a sexta edição da in-cosmetics Latin America, que acontecera em São Paulo os 18 e 19 de setembro de 2019. De acordo com a Euromonitor (...)

+ informações
Palavra de especialista
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Lipotec - Lubrizol
Solução vegan-friendly para um doce envelhecimento

Recebemos todos os dias notícias sobre o Aquecimento Global, e vemos imagens de suas consequências em todo o Planeta. O número de espécies de animais e plantas em perigo de extinção só aumenta e os governos ainda estão longe de promover leis que realmente ajudem a parar a mudança climática. Neste contexto, são os consumidores comuns que (...)

+ informações

Seções