Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Mercados e tendências

Maquiagem, carro-chefe do mercado seletivo global

Em 2016, as vendas de produtos cosméticos do segmento seletivo cresceram em todas as regiões do mundo, em particular graças ao dinamismo do setor de maquiagem, dizem os resultados de um estudo publicado recentemente pela agência The NPD Group. A França, no entanto, destoou dessa tendência global, registrando uma queda de 3% nas vendas. A conjuntura pouco favorável e a retração do fluxo de turistas seriam as causas desse desempenho pífio.

A exposição de si mesmo nas redes sociais é determinante para o crescimento (...)

A exposição de si mesmo nas redes sociais é determinante para o crescimento das vendas de maquiagem nos mercados mundiais. Foto: © Ariwasabi / shutterstock.com

No mercado mundial dos cosméticos de luxo, o segmento de maquiagem foi mais uma vez o carro-chefe do crescimento. Segundo a agência The NPD Group, em 2016 as vendas dos produtos de maquiagem para o público premium deram um salto de 23% na América do Sul – um crescimento bem superior ao do segmento de cuidados da pele (9%) e ao do segmento de perfumes (13%). Na América do Norte, o cenário não foi muito diferente: enquanto as vendas de maquiagem aumentaram 13%, as do segmento de cuidados da pele cresceram 3% e as de perfumes, 1%. A Europa, por fim, registrou um aumento de 6% nas vendas de maquiagem, comparado com +1% no segmento de cuidados da pele e de perfumes. Todos esses dados se referem exclusivamente ao mercado premium.

Maquiagem, um segmento que vem ganhando força

Nos Estados Unidos, as vendas das lojas de produtos de beleza da categoria luxo cresceram 7% em 2016, enquanto que o mercado de beleza como um todo cresceu 6%, indica a The NPD Group. O mercado foi amplamente estimulado pelo aumento nas vendas de produtos de maquiagem de luxo (+12%) – segmento que, segundo a agência especializada em pesquisas de mercado, respondeu por 76% do crescimento total das vendas do setor em termos de valores e por 83% em termos de volume de produtos. Inversamente, as vendas de perfumes de marcas de prestígio continuaram a perder terreno, registrando crescimento de apenas 1%. As vendas de cuidados para a pele, por outro lado, aumentaram 3% no mercado de luxo.

A tendência é praticamente a mesma na maioria dos mercados: as consumidoras não resistem aos produtos que prometem um efeito imediato na aparência, sobretudo para estarem sempre prontas para tirar uma selfie, seja qual for a hora do dia. A "teatralização" de si mesmo nas redes sociais desempenha um papel decisivo nesse fenômeno.

França, a ovelha negra

Contrastando com a boa dinâmica do mercado mundial, a França foi a grande exceção de 2016. Segundo a The NPD Group, as vendas de cosméticos nas redes seletivas de lojas caíram 3% em relação a 2015 – a maior retração registrada nos últimos dez anos. A pior queda foi observada nas vendas de cuidados para a pele (-7%), enquanto que as vendas de perfumes e maquiagem diminuíram 2%.

O mercado francês, que há vários anos vem lutando para não atolar nas águas estagnadas da economia, foi consideravelmente afetado pela deserção dos turistas estrangeiros observada após os atentados de 2016, explica a The NPD Group.

"A região de Paris e arredores responde por dois terços dessa retração, embora sempre tenha sido um dos principais polos de atração do mercado", declarou Mathilde Lion, especialista no setor de beleza na NPD, em entrevista à Reuters.

Alguns segmentos do mercado, entretanto, conseguiram escapar a essa tendência – em particular perfumes de alto luxo ou de nicho, que continuam crescendo, e produtos de maquiagem, em particular artigos para sobrancelhas, batons e iluminadores faciais.

V.G.
(Tradução: Maria Marques)

© 2017 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

As feiras FCE Cosmetique e FCE Pharma, que aconteceram entre os dias 23 e 25 de maio de 2017, receberam 15.400 visitantes e registrou um crescimento de 9%, em comparação com o ano anterior. Na cerimônia de abertura, Geraldo Alckmin, o Governador do Estado de São Paulo, destacou os esforços do Governo para o desenvolvimento das (...)

+ informações
Palavra de especialista
Alternativas ecológicas para microesferas de plásticos

Lipotec
Alternativas ecológicas para microesferas de plásticos

A sustentabilidade tornou-se uma grande preocupação nos tempos atuais. Os consumidores têm buscado produtos com ingredientes que não agridem o meio ambiente, visando diminuir os impactos causados. Na indústria de produtos voltados para cuidados com a pele, as microesferas de plástico, utilizadas ao longo da história em esfoliantes para a (...)

+ informações

Seções