Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Sweet Hair cresce no Oriente Médio

A empresa paulistana de cosméticos capilares profissionais Sweet Hair está expandindo seus negócios no Oriente Médio. A marca paulistana já exportava para os Emirados Árabes Unidos há um ano e meio e, agora, fechou novos contratos de distribuição no Kuwait, Omã e Arábia Saudita.

A empresa tem 110 produtos em sua linha, 50 são patenteados.

Nosso principal produto para o mundo árabe é o de alisamento, que pode ser aplicado em gestantes, lactantes, crianças e pessoas com alergia a formol. É um produto dermatologicamente testado”, conta Paulo Kazaks, um dos proprietários da marca, a Agência de Notícias Brasil-Árabe.

O contrato com o Kuwait já vinha sendo negociado, enquanto a distribuição para Omã e Arábia Saudita foi acertada durante a participação na feira Beautyworld Middle East, que aconteceu no último mês em Dubai.

No total, a Sweet Hair exporta seus produtos para 15 países. O principal mercado da indústria é a Espanha, seguida de França, Itália e Estados Unidos.

© 2015 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

O recém lançado eau de parfum masculino de Eudora, Impression, fala de um homem sofisticado, que soube criar e aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu para evoluir. Com notas amadeiradas e ambaradas, a fragrância é baseada em cistus labdanum, musk e patchouli. A Centdegrés foi escolhida para representar através do design do (...)

+ informações
Palavra de especialista
EUA: Varejo em festa no feriadão

Laurence Bacilieri
EUA: Varejo em festa no feriadão

Nos Estados Unidos, os resultados das vendas do fim de semana de Thanksgiving (24-27 de novembro) prometem deixar o varejo de excelente humor. Neste ano, 45% dos americanos já tinham começado a fazer as compras para as festas antes de 1° de novembro. Embora 79% dos comerciantes tivessem lançado descontos e promoções mais cedo que no ano (...)

+ informações

Seções