Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

Carvalho Cosméticos se destaca no segmento de terceirização de cosméticos com nova fábrica no Espírito Santo

Incentivos fiscais e a proximidade do Porto de Vitória foram fatores determinantes na escolha do estado para a instalação de seu terceiro parque industrial.

A Carvalho Cosméticos foi inaugurada em 2008, mas para a empresa, sua história já tem mais de 15 anos, pois teve início com a abertura da Viva Cosméticos, em 2000, na cidade do Rio de Janeiro. “A Viva sempre foi uma empresa voltada para a terceirização e para as indústrias farmacêutica e de cosméticos. Iniciamos a operação produzindo sachês e fornecendo mão de obra em geral, quando percebemos a necessidade de ampliar nossa estrutura para atender às demais demandas do mercado”, diz Iva Martins, CEO da Carvalho Cosméticos.

Iva Martins, CEO da Carvalho Cosméticos

Iva Martins, CEO da Carvalho Cosméticos

Atualmente, a Carvalho é especializada na prestação de serviços nas áreas de terceirização – contando com o maior parque fabril do segmento no Rio de Janeiro –, fabricação, desenvolvimento de sachês, envase e análise físico-química e microbiológica de matéria-prima para as indústrias de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos.

Em seu portfólio, estão artigos como maquiagens, perfumes, talcos, argilas, pós descolorantes, cremes e filtros solares, que são produzidos ou nacionalizados para empresas como Adcos, Alfaparf, Chanel, Laboratório Daudt, L’Oréal, Leite de Rosas e Niely, entre outras marcas de diversos portes. “Atuamos em parceria com indústrias de cosméticos que não têm um parque industrial suficiente para a fabricação de seus produtos ou optam pela terceirização por razões estratégicas”, afirma Martins.

Para ganhar espaço no cenário brasileiro de insumos para HPPC e poder atender a mais indústrias fora do Rio de Janeiro, a Carvalho decidiu abrir sua terceira fábrica, desta vez, no polo industrial de Cariacica, no estado do Espírito Santo. A escolha do local foi pensada estrategicamente: situado na região metropolitana da capital, Vitória, o município fica a poucos quilômetros da principal zona portuária do estado. “Importamos muitas matérias-primas e produtos pelo Porto de Vitória. Anteriormente, eles tinham de ser trazidos para o Rio de Janeiro para serem industrializados e, na sequência, enviados para seus destinos. Agora a operação pode ser simplificada”, explica a CEO da empresa.

Nascida no Espírito Santo, Martins fez uma ampla pesquisa entre os municípios mais carentes de emprego no estado e concluiu que Cariacica possui a mão de obra necessária para o novo empreendimento, o que favorece a empresa e contribui para o desenvolvimento social da região. No início do mês, ela recebeu o Prêmio Líder Empresarial do Espírito Santo 2016, que homenageou empresários que se destacaram no cenário de negócios e empreendedorismo do estado.

Sem citar números, Martins revela ter recebido incentivos fiscais do Espírito Santo para a construção da planta industrial, que está instalada em uma área de 7 mil m2 e conta com capacidade de produção de até 5 milhões de unidades por mês.

O empreendimento segue o mesmo padrão das fábricas instaladas no Rio de Janeiro, “com algumas melhorias e equipamentos mais modernos”, explica Martins. Para sua implantação foram empregados R$ 14 milhões. “Nossa expectativa, apesar da crise econômica pela qual passa o país, é que a Carvalho Cosméticos recupere esse investimento nos próximos cinco anos”.

De acordo com a CEO, até o final deste ano, a fábrica de Cariacica deve empregar mais 100 funcionários, ampliando o quadro para 250 em 2017. A sede da empresa, no Rio de Janeiro, gera 700 empregos diretos. Martins afirma ainda que uma segunda fábrica no Espírito Santo está nos planos da empresa, que seria responsável pela fabricação de maquiagens e aerossóis.

mais recentes
Foco
Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

As feiras FCE Cosmetique e FCE Pharma, que aconteceram entre os dias 23 e 25 de maio de 2017, receberam 15.400 visitantes e registrou um crescimento de 9%, em comparação com o ano anterior. Na cerimônia de abertura, Geraldo Alckmin, o Governador do Estado de São Paulo, destacou os esforços do Governo para o desenvolvimento das (...)

+ informações
Palavra de especialista
Alternativas ecológicas para microesferas de plásticos

Lipotec
Alternativas ecológicas para microesferas de plásticos

A sustentabilidade tornou-se uma grande preocupação nos tempos atuais. Os consumidores têm buscado produtos com ingredientes que não agridem o meio ambiente, visando diminuir os impactos causados. Na indústria de produtos voltados para cuidados com a pele, as microesferas de plástico, utilizadas ao longo da história em esfoliantes para a (...)

+ informações

Seções