Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ambiente

Presidente da Beraca é reconhecido pela ONU entre os dez representantes mundiais dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Ulisses Sabará foi selecionado pelo Pacto Global por seus projetos de fomento ao desenvolvimento social e à preservação ambiental, com destaque para o Programa de Valorização da Sociobiodiversidade, que completou 15 anos desde sua criação.

O presidente da Beraca, Ulisses Sabará, foi reconhecido pela ONU como um dos dez representantes mundiais dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) durante a última Cúpula de Líderes do Pacto Global, realizada nos dias 22 e 23 de junho, em Nova Iorque.

Representantes locais dos ODS em 2016, na Cúpula de Lideres do Pacto Global (...)

Representantes locais dos ODS em 2016, na Cúpula de Lideres do Pacto Global da ONU

O Brasil foi o único país a ter dois integrantes no grupo, formado por líderes empresariais e agentes de transformação engajados em estimular ações e negócios alinhados aos 17 ODS. Além de Sabará, Sonia Favaretto, Diretora de Imprensa e Sustentabilidade da BM&FBOVESPA, também foi selecionada pela iniciativa.

O presidente da Beraca foi condecorado por seus esforços alinhados ao Objetivo 15 (Vida Terrestre), dedicado a proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres. Entre as ações que garantiram o reconhecimento de Sabará pelo Pacto Global, está o investimento em projetos apoiados na promoção do desenvolvimento social e da preservação ambiental, com destaque para o Programa de Valorização da Sociobiodiversidade, criado em 2000.

Segundo Thiago Terada, gerente de sustentabilidade e assuntos coorporativos da Beraca, a iniciativa vem apresentando números cada vez mais expressivos, seja na quantidade de comunidades que fazem parte do programa, como no impactos positivos gerados. “Atualmente, a Beraca atua com mais de 100 comunidades agroextrativistas espalhadas pelo Brasil, atingindo quase 10.000 pessoas em 12 estados brasileiros. O projeto exerce o papel de ponte entre essas famílias e os principais fabricantes de cosméticos do mundo. Seus resultados nos âmbitos social e ambiental vêm sendo avaliados constantemente através de parcerias com ONGs e universidades”, afirma Terada.

Outra notícia comemorada pela Beraca foi a regulamentação da Lei 13.123/2015, conhecida como novo marco legal da biodiversidade, quase um ano após ter sido sancionada. Ela determina o acesso e a exploração econômica dos recursos genéticos e conhecimentos tradicionais associados à biodiversidade e à agrobiodiversidade no Brasil. “Isso significa que agora as empresas e órgãos de pesquisa já podem conduzir seus projetos com segurança, de acordo com a Lei, mesmo que o sistema eletrônico ainda não esteja completamente implementado”, diz Terada.

Tudo indica que a ratificação do Protocolo de Nagoya será o próximo passo. Segundo Terada, o Brasil participou ativamente das discussões para a concepção do documento, em 2010. “Com o atual cenário politico em transição, é impossível fazer previsões, mas o Brasil sempre foi pioneiro em assuntos ambientais e possui legislação especifica para o acesso a recursos genéticos e a repartição de benefícios desde 2001”, explica.

O presidente da Beraca, Ulisses Sabará, reconhecido por seus esforços (...)

O presidente da Beraca, Ulisses Sabará, reconhecido por seus esforços alinhados ao ODS 15 - Vida Terrestre

Os avanços regulatórios acompanham a crescente demanda dos fabricantes e do mercado por ingredientes naturais e sustentáveis. “O consumidor está cada vez mais interessado em saber se as empresas se preocupam de maneira legítima com a rastreabilidade de suas matérias-primas, em interagir com as marcas e entender sobre as histórias que estão por trás delas”, afirma Terada.

Segundo Sabará, o reconhecimento da ONU resultará em um importante impulso aos negócios da Beraca e ajudará a promover projetos sociais e ambientais já em andamento e também os que ainda estão por vir. “Estamos vivendo um momento delicado no âmbito social e ambiental e espero que os ODS avancem. Para isso, contamos com o engajamento de líderes empresariais locais e de toda a sociedade, a fim de ampliarmos o nível de conscientização e garantirmos uma profunda transformação”, conclui Sabará.

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

As feiras FCE Cosmetique e FCE Pharma, que aconteceram entre os dias 23 e 25 de maio de 2017, receberam 15.400 visitantes e registrou um crescimento de 9%, em comparação com o ano anterior. Na cerimônia de abertura, Geraldo Alckmin, o Governador do Estado de São Paulo, destacou os esforços do Governo para o desenvolvimento das (...)

+ informações
Palavra de especialista
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Laurence Bacilieri
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Nos Estados Unidos, o comércio varejista vem registrando uma queda contínua do faturamento. O setor está passando por profundas mudanças, com a falência de 3.500 lojas, sem falar nas dificuldades que têm enfrentado as redes Macys e Sears & K-Mart. A exemplo do setor bancário, os grandes protagonistas do varejo americano estão (...)

+ informações

Seções