Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Lipotec - Lubrizol

Lipotec combate o estresse urbano

A vida moderna nos traz diversas vantagens e praticidades, como água corrente, eletricidade, automatização, medicina moderna e muitas oportunidades tanto na vida pessoal quanto na profissional. Mas também possui seus efeitos negativos como poluição, estresse, falta de sono, pouco contato com a natureza, etc.

Desde a Revolução Indústrial no século XVIII, o relacionamento dos seres humano com o meio ambiente mudou drasticamente, com a grande parte da população mudando-se para as cidades, a constante interação com a natureza tornou-se cada vez menor. Este fato desencadeou uma crescente desordem e inflamações da pele, como alergias e eczemas, o que nos leva a deduzir que a redução de exposição a natureza contribui para o aumento dos riscos de inflamações da pele.

Mas, como a vida moderna realmente muda nossa pele? Para responder essa pergunta, vamos voltar no tempo para 2008, quando um helicóptero do exército venezuelano sobrevoando a floresta amazônica encontrou uma pequena aldeia desconhecida não registrada no mapa. Alguns meses depois, uma missão médica científica chegou a esta área para descobrir um grupo de índios Yanomami, que viviam sem nenhum contato com o mundo exterior. Eles se mantiveram através da caça e colheita de frutas como seus ancestrais faziam a mil anos atrás. Isso representou uma oportunidade única para estudar seu universo bacteriano e compará-lo com o de indivíduos que vivem em ambientes urbanos modernos, para ver se há alguma ligação entre a microbiota e o risco de doenças inflamatórias atuais.

Observando a pele dos Yanomami, descobriu-se uma diversidade bacteriana jamais vista antes, rica em ácidos orgânicos, aminoácidos, vitaminas e vias bacterianas de Metano. Em comparação, a pele de um indivíduo que vive em um ambiente urbano, com práticas antimicrobianas mais altas, como o uso de antibióticos, produtos de limpeza e mesmo parto por cesariana, mostra uma diversidade de microbiota muito mais reduzida. De fato, descobriu-se que a diversidade bacteriana dos Yanomami é duas vezes maior que a das pessoas que vivem no mundo ocidental.

A microbiota cutânea pode fornecer funções vitais para a pele, como proteção contra patógenos, melhoria da função de barreira, modulação do sistema imunológico e nutrição da pele. A comunicação microbiota-pele ajuda a obter um equilíbrio ligado a uma pele saudável e mais protegida.

Inspirada pela história dos Yanomani, a Lipotec desenvolveu FENSEBIOME™ peptide, um novo heptapeptídeo que auxilia no fortalecimento da pele de pessoas expostas ao ambiente urbano, promovendo o equilíbrio e a diversidade da microbiota, bem como o aumento de bactérias benéficas, características de uma pele mais saudável em contato com a natureza. O novo ingrediente também ajuda de forma dupla a reforçar a função de barreira cutânea e prevenir a desidratação, um dos principais problemas das peles sensíveis.

A capacidade do peptídeo para modular o microbioma da pele foi avaliada em voluntários. Voluntárias urbanas aplicaram um creme contendo 1% de solução do peptídeo em braço e um creme placebo no outro, duas vezes por dia durante 7 dias. Um aumento na diversidade bacteriana foi observado na pele tratada, assim como um melhor equilíbrio da microbiota. O peptídeo FENSEBIOME™ peptide também ajudou a reduzir os níveis de TEWL, quando aplicado antes de induzir a irritação e avaliado 48 horas após o dano, com uma diminuição de 27,8%.

O ingrediente da Lipotec ajuda a estimular o próprio sistema de defesa da pele, favorecendo a presença de bactérias benéficas, melhorando sua resposta imunológica e a integridade da barreira física, como demonstrado in vitro.

O FENSEBIOME™ peptide pode ser incorporado em formulações com o objetivo de fortalecer a função de barreira cutânea e prevenir a desidratação, bem como em produtos de cuidado com a pele prebióticos e probióticos destinados a reforçar a pele urbana e sensível.

Agora podemos ter uma pele mais saudável, semelhante à dos nossos antepassados que viveram em contato mais próximo com a natureza.

© 2018 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

Sobre Lipotec - Lubrizol

Fundada em 1987 em Barcelona, na Espanha, e adquirida em 2012 pela Lubrizol (Berkshire Hathaway Company), a Lipotec conquistou renome internacional como especialista em ingredientes ativos de alta tecnologia para cuidados da pele e dos cabelos.

Atuando como Centro de Expertise Mundial da Lubrizol no segmento de cuidados da pele, a Lipotec dedica-se à pesquisa, ao desenvolvimento e à produção de ingredientes ativos inovadores (peptídeos, extratos botânicos, moléculas sintéticas e biotecnológicas) e de sistemas de liberação controlada de cosméticos. O fruto desse trabalho é um extenso repositório de ingredientes ativos de comprovada eficácia que contribuem para o avanço contínuo da indústria de cosméticos. Cobrindo as mais variadas necessidades, muitos de seus produtos se tornaram sucessos comerciais, posicionando a Lipotec como um dos líderes de seu setor de atuação.

Website: www.lipotec.com

(Tradução: Maria Marques)

Foco
Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

O novo princípio ativo sensorial da Symrise proporciona uma suave sensação de calor sobre a pele, semelhante à de um raio de sol. Com o nome de Thermolat, ele foi desenvolvido para entrar na composição de cremes, géis e bálsamos e produz efeitos duradouros, com a vantagem de não provocar sensação de ardência ou queimação. "Comparado com o (...)

+ informações
Palavra de especialista
Oud - Ouro líquido da perfumaria

Alessandra Tucci
Oud - Ouro líquido da perfumaria

O agarwood - também chamada de gaharu, aloeswood ou simplesmente oud (oudh, em árabe) - é uma madeira resinosa citada em muitos livros sagrados, principalmente orientais, e que é muito valorizada. A matéria-prima utilizada na perfumaria, porém, não vem propriamente da madeira da árvore, mas de uma resina formada dentro de seus troncos. A (...)

+ informações

Seções