Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Industria de cosméticos prevê elevação de preços de até 12% acima da inflação

A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), apresentou um estudo da consultoria LCA, que calcula os principais impactos sobre o setor e o consumidor da equiparação do atacadista ao industrial na cobrança do IPI.

A ampliação da cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de HPPC [1] elevará os preços até 12% acima da inflação. Os estudos preveem ainda que a alteração no modelo de cobrança do IPI possa eliminar até 200 mil oportunidades de trabalho e fazer as vendas caírem 17% em 2015. Caso esses estudos se confirmem, os efeitos em cascata paralisarão os investimentos que o setor tem em diversas áreas”, afirmou João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC.

João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC

João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC

A indústria gera atualmente mais de 4,8 milhões de oportunidades de trabalho, sendo que 80% das vagas são preenchidas pelo gênero feminino. “Retração e piora da composição das vendas certamente levará a demissões e a uma redução no número de postos de trabalho na cadeia de produção e comercialização, com impacto relevante sobre o número de ocupações e sobre a renda dos trabalhadores”, finaliza João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC.

De acordo com o decreto presidencial 8.393, publicado no “Diário Oficial da União”, haverá aumento da tributação sobre perfumes; maquiagens para boca, unhas, olhos e rosto; produtos de cuidados da pele, preparações para barbear (antes, durante ou após), fixadores/modeladores, permanente/alisante, entre outros.

Observações

[1Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos

© 2015 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

O novo princípio ativo sensorial da Symrise proporciona uma suave sensação de calor sobre a pele, semelhante à de um raio de sol. Com o nome de Thermolat, ele foi desenvolvido para entrar na composição de cremes, géis e bálsamos e produz efeitos duradouros, com a vantagem de não provocar sensação de ardência ou queimação. "Comparado com o (...)

+ informações
Palavra de especialista
Oud - Ouro líquido da perfumaria

Alessandra Tucci
Oud - Ouro líquido da perfumaria

O agarwood - também chamada de gaharu, aloeswood ou simplesmente oud (oudh, em árabe) - é uma madeira resinosa citada em muitos livros sagrados, principalmente orientais, e que é muito valorizada. A matéria-prima utilizada na perfumaria, porém, não vem propriamente da madeira da árvore, mas de uma resina formada dentro de seus troncos. A (...)

+ informações

Seções