Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Fabricantes de cosméticos querem conversar com governo sobre aumento do IPI

Desde que foi anunciado do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, no 19 de janeiro, o aumento da carga tributária do setor de beleza, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) tem buscado o diálogo com o governo federal.

João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC

João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC

Continuamos na expectativa de que o Governo nos receba para debater o tema, a fim de apresentarmos as implicações negativas sobre o setor e a sociedade caso as medidas sejam mantidas”, disse João Carlos Basilio, presidente da ABIHPEC.

O ministro da Fazenda anunciou que o imposto sobre produtos industrializados (IPI) será cobrado do setor atacadista na área de cosméticos, assim como já acontece no setor industrial.

O governo brasileiro também anunciou que o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) serão reajustados sobre a importação. A correção é de 9,25% para 11,75%.

© 2015 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

O recém lançado eau de parfum masculino de Eudora, Impression, fala de um homem sofisticado, que soube criar e aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu para evoluir. Com notas amadeiradas e ambaradas, a fragrância é baseada em cistus labdanum, musk e patchouli. A Centdegrés foi escolhida para representar através do design do (...)

+ informações
Palavra de especialista
EUA: Varejo em festa no feriadão

Laurence Bacilieri
EUA: Varejo em festa no feriadão

Nos Estados Unidos, os resultados das vendas do fim de semana de Thanksgiving (24-27 de novembro) prometem deixar o varejo de excelente humor. Neste ano, 45% dos americanos já tinham começado a fazer as compras para as festas antes de 1° de novembro. Embora 79% dos comerciantes tivessem lançado descontos e promoções mais cedo que no ano (...)

+ informações

Seções