Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Vidros: Verescence, o novo nome da SGD

A SGD Parfumerie, líder mundial no setor de frascos de vidro para as indústrias de perfumes e cosméticos, ganhou um novo nome: Verescence.

O nome Verescence reflete a origem francesa e a tradição da empresa no mercado. Repleto de significados, ele combina suas habilidades vidreiras (Verre – vidro em francês) e sua natureza transformadora (Escent – sufixo em inglês que significa transformação): transformando areia em vidro, transformando conceitos criativos em produtos inovadores, transformando a empresa em líder do mercado global.

A mudança é um marco importante na história da empresa, que agora passou a ser independente, atuando exclusivamente no mercado de perfumes e cosméticos.

"Essa é uma oportunidade para dar um nome que reflete o que somos hoje: uma empresa em plena transformação, que busca a excelência e, acima de tudo, uma empresa internacional que coloca sua expertise, sua diversidade e seu talento a serviço dos clientes", declara Thomas Riou, CEO.

Com quatro unidades de fabricação de vidro, cinco unidades de acabamento, 3.200 funcionários em vários continentes e uma rede mundial de vendas, o Grupo Verescence tem capacidade para produzir um bilhão de frascos ao ano, fornecendo soluções inovadoras que respeitam o meio ambiente.


(Tradução: Maria Marques)

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

O novo princípio ativo sensorial da Symrise proporciona uma suave sensação de calor sobre a pele, semelhante à de um raio de sol. Com o nome de Thermolat, ele foi desenvolvido para entrar na composição de cremes, géis e bálsamos e produz efeitos duradouros, com a vantagem de não provocar sensação de ardência ou queimação. "Comparado com o (...)

+ informações
Palavra de especialista
Inovação genderless baseada na neurociência

John Jiménez
Inovação genderless baseada na neurociência

A história da dança tem sido cheia de inovação, desde as primeiras criações de balé de Jean Georges Noverre, a dança moderna de Isadora Duncan, Martha Graham, Rudolph Nureyev e Pina Bausch até as interpretações modernas de Yanis Marshal, finalista da Britain’s Got Talent. A aclamada revista Science lançou durante alguns anos o concurso "Dance (...)

+ informações

Seções