Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Mercados e tendências

Quebra de preconceitos e busca por novidades norteiam mercado masculino

Segundo a Euromonitor International, o Brasil deve liderar o ranking global na categoria até 2019, com projeção de US$ 6,7 bilhões em vendas.

Um homem mais à vontade para testar e ampliar sua rotina de beleza, declaradamente vaidoso, interessado em novidades e adepto a salões de beleza e barbearias. Este é o retrato do consumidor masculino brasileiro que vem sendo desenhado nos últimos anos, constatam entidades e profissionais ligados ao setor.

Linha Barber & Moustache da Truss

Linha Barber & Moustache da Truss

Um levantamento realizado pelo Instituto Qualibest para a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) mostrou que 43% dos entrevistados se consideram supervaidosos. Eles também assumiram o gosto por salões de beleza: 83% dos pesquisados afirmaram que já foi o tempo em que só as mulheres se preocupavam com sua aparência e 54% deles frequentam regularmente salões de beleza ou barbearias.

A mudança de comportamento tem reflexos no bom desempenho no mercado. A categoria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos voltada para os homens cresceu 2,4% em 2015, representando mais de R$ 21 milhões do faturamento total do setor, revelam dados da ABIHPEC. Até 2019, o país deverá se tornar o maior mercado do mundo na categoria, com vendas estimadas em US$ 6,7 bilhões, de acordo com o Euromonitor International. Atualmente, o Brasil ocupa a segunda posição, atrás dos EUA.

Segundo a ABIHPEC, cresce a procura por produtos especializados, mas os homens ainda não estão satisfeitos com os itens disponíveis no mercado e buscam mais opções de produtos para o cuidado com a barba, maquiagens com efeito corretivo e cremes depilatórios para o corpo. A Truss foi uma das empresas que aproveitou a oportunidade e lançou, após três anos de pesquisa, a linha Barber & Moustache, com xampu e condicionador para barba, cabelo e bigode, além de quatro modeladores para os cabelos.

O universo masculino e sua relação com beleza, moda, design e comportamento foram discutidos no evento Homem Brasileiro, realizado em São Paulo, em agosto. A casa de fragrâncias alemã Drom fez uma curadoria olfativa do evento baseada em "apartamentos" que traziam pistas dos gostos masculinos por meio de mobiliários, vestuários e produtos de beleza.

Renata Abelin, diretora de marketing da Drom Fragrances, destaca que os brasileiros estão descobrindo novos produtos e texturas inovadoras, ou seja, estão abertos para testar e introduzir uma rotina de beleza mais ampla em suas vidas. No quesito perfumaria fina, ela afirma que os homens já consomem mais perfumes que as mulheres. “O comportamento masculino ao se perfumar também é mais expansivo: ele ‘borrifa’ mais e mais vezes ao dia.

Quanto às características, a família olfativa mais disseminada nos produtos para cabelo, barba e bigode é a fougére, afirma Abelin. “A família dos amadeirados também é bem presente e cada vez mais observamos a abertura do mercado masculino para experimentar novas notas. Mas se fosse citar três requisitos para o sucesso no Brasil seria frescor, sensualidade e longa duração.

O momento é oportuno para acompanhar tendências internacionais no setor de perfumaria. Segundo Abelin, a maior parte do mercado brasileiro é direcionada para perfumes de mass market (com preços mais baixos), o que faz com que as marcas nacionais pensem primeiro na “segurança” da venda. Inovações e notas ousadas acabem sendo vistas timidamente por aqui. “Mas isso está mudando, pois temos marcas nacionais que apostam na ampliação de seu leque de produtos com notas nem tanto comerciais. Com o acesso cada vez maior a produtos importados e a possibilidade de compra por meio do parcelamento, o brasileiro tem acesso cada vez mais amplo a produtos ousados e compatíveis com as tendências mundiais.

Amanda Veloso

Portfólio

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

As feiras FCE Cosmetique e FCE Pharma, que aconteceram entre os dias 23 e 25 de maio de 2017, receberam 15.400 visitantes e registrou um crescimento de 9%, em comparação com o ano anterior. Na cerimônia de abertura, Geraldo Alckmin, o Governador do Estado de São Paulo, destacou os esforços do Governo para o desenvolvimento das (...)

+ informações
Palavra de especialista
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Laurence Bacilieri
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Nos Estados Unidos, o comércio varejista vem registrando uma queda contínua do faturamento. O setor está passando por profundas mudanças, com a falência de 3.500 lojas, sem falar nas dificuldades que têm enfrentado as redes Macys e Sears & K-Mart. A exemplo do setor bancário, os grandes protagonistas do varejo americano estão (...)

+ informações

Seções