Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ingredientes e fórmulas

Croda Brasil investe em infraestrutura e tecnologia para expandir presença na América Latina

Com centro de distribuição recém-inaugurado em Campinas (SP), a fabricante de produtos químicos planeja novas instalações e a expansão de seu núcleo regional de pesquisa até 2020.

Quando foi inaugurada, em 1925, a Croda International comercializava lanolina – agente eficaz na prevenção da ferrugem – para indústrias automotivas e de engenharia da Inglaterra. Passados 90 anos, a empresa se tornou uma das maiores fornecedoras globais de especialidades químicas para fabricantes de diversos setores, incluindo farmacêutico, de limpeza doméstica, alimentos e cuidados pessoais.

Marco Carmini, diretor administrativo da Croda América Latina

Marco Carmini, diretor administrativo da Croda América Latina

Presente em mais de 30 países em todo o mundo, a multinacional chegou ao mercado brasileiro em 1974, como um escritório de vendas. Mas sua fábrica não demorou a ser inaugurada: seis anos mais tarde, ela já estava em operação na cidade de Campinas, distante cerca de 100 km de São Paulo. “O início dos anos 1970 foi o auge do ‘milagre econômico brasileiro’. A Croda entendeu que não poderia atender este mercado dinâmico e com rápido crescimento atuando de longe”, diz Marco Carmini, diretor administrativo da Croda América Latina.

A Croda Brasil trabalha nas áreas de pesquisa e tecnologia, desenvolvimento de produtos, fabricação, distribuição, vendas e marketing, e tem na indústria de HPPC a maior parte dos seus clientes. “Personal care é nossa principal área de atuação na região e representa parte substancial de nossas receitas locais”, revela Carmini. Para ele, a categoria se distingue no país por várias particularidades, como a frequência maior nos hábitos de higiene pessoal, a importância do condicionamento dos cabelos por grande parte dos consumidores e o grande número e diversidade de marcas de beleza disponíveis no varejo.

Hoje, a filial brasileira desenvolve matérias-primas exclusivas para maquiagens, produtos para pele e cabelos, protetores solares, desodorantes e antitranspirantes, cuidados para bebês, artigos para o banho e para o público masculino. Entre os últimos lançamentos do portfólio, Carmini destaca três ingredientes: Prolevis, um hidrolisado de proteínas que promete suavizar a pele e reduzir rugas superficiais; Crodazoquat ™ MCC, uma solução para o condicionamento de cabelos de diferentes origens étnicas; e o Citystem, um ativo que promete combater danos causados pela poluição à pele. “A Croda enxerga um imenso potencial no mercado de cuidados pessoais no Brasil e seguiremos investindo para atrair e capturar essas oportunidades”, afirma.

No início deste ano, a Croda Brasil inaugurou um novo centro de distribuição, no qual foram empregados R$ 4 milhões. A unidade, localizada próxima a sua fábrica em Campinas e ao Aeroporto Internacional de Viracopos, duplicou a capacidade de armazenamento da companhia e agora centraliza toda sua operação logística, reduzindo o tempo de resposta em até 24 horas. “Queremos estar cada vez mais perto dos clientes em todo o Brasil para entender suas necessidades e exigências específicas. Além disso, para atender bem, também é necessário manter a capacidade de produção e distribuição sempre eficiente e ágil”, explica o diretor.

O centro de distribuição foi a primeira das estratégias de negócios colocada em prática pela empresa dentro de seu plano de crescimento para o país e a América Latina até 2020. A Croda Brasil prevê o investimento em novas plantas e tecnologias químicas e a expansão do seu núcleo de pesquisa regional. “Aquisições também estão em nosso radar”, revela Marco Carmini.

Renata Martins

Portfólio

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

As feiras FCE Cosmetique e FCE Pharma, que aconteceram entre os dias 23 e 25 de maio de 2017, receberam 15.400 visitantes e registrou um crescimento de 9%, em comparação com o ano anterior. Na cerimônia de abertura, Geraldo Alckmin, o Governador do Estado de São Paulo, destacou os esforços do Governo para o desenvolvimento das (...)

+ informações
Palavra de especialista
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Laurence Bacilieri
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Nos Estados Unidos, o comércio varejista vem registrando uma queda contínua do faturamento. O setor está passando por profundas mudanças, com a falência de 3.500 lojas, sem falar nas dificuldades que têm enfrentado as redes Macys e Sears & K-Mart. A exemplo do setor bancário, os grandes protagonistas do varejo americano estão (...)

+ informações

Seções