Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

"Buscamos um desenvolvimento harmonioso", declara Thierry Aubry-Lecomte, Natura Brasil França

O Grupo Natura, gigante dos cosméticos no Brasil, surpreende pela discreta presença fora do continente sul-americano. Há exatos dez anos, a Natura decidiu partir à conquista da Europa, começando pela França, onde instalou uma loja e criou uma rede de duas mil revendedoras (ou "conselheiras") responsáveis pelas vendas diretas em todo o país, além de um site de comércio eletrônico, lançado há poucos meses. Brazil Beauty News conversou com Thierry Aubry-Lecomte, diretor-geral da Natura Brasil na França.

Thierry Aubry-Lecomte, Natura Brasil France

Thierry Aubry-Lecomte, Natura Brasil France

Brazil Beauty News – A Natura Brasil tem presença relativamente pequena fora da América do Sul. A empresa tem planos de adotar uma postura mais agressiva na conquista de mercados internacionais?

Thierry Aubry-Lecomte – Antes de mais nada, é fundamental entender nossa filosofia. A razão de ser da empresa, desde a sua fundação, é contribuir humildemente para construir um mundo melhor. Nosso objetivo não é crescer a qualquer preço. O modelo econômico da Natura baseia-se em seu compromisso com a sociedade e o meio ambiente. Esse é um importante alicerce da existência do Grupo. Concretamente, entre outras iniciativas, fazemos questão de trabalhar com pequenos produtores que respeitam o meio ambiente, e participamos de programas ligados à educação, à capacitação e à renovação da terra. Em relação aos produtos, em 1983 desenvolvemos o conceito de refil, e hoje nossas embalagens são ecológicas e têm rótulo ambiental. Desde 2007, o Grupo implementa um programa de carbono neutro e fixou como meta gerar impacto positivo.

Todas as nossas ações são definidas com o objetivo de melhorar a pegada ambiental da empresa. Essa é a política que desenvolvemos há 40 anos, uma política que segue a filosofia "bem estar bem" e busca conciliar o bem-estar pessoal com o bem-estar na relação empática com o outro, com a natureza e com o mundo.

Brazil Beauty News – Atualmente, qual é o posicionamento do Grupo no cenário internacional?

Thierry Aubry-Lecomte – A Natura está presente em toda a América Latina e, desde 2005, também na França. Recentemente, o Grupo adquiriu a marca australiana Aesop, cujos valores estão em perfeita sintonia com os nossos. Graças a essa operação, a Natura hoje atua em vários continentes e pode, assim, observar diversos mercados nos quais pretende ampliar as atividades, ao ritmo que considerar adequado. Além disso, a Aesop trouxe para o Grupo sua sólida experiência com lojas urbanas. Humildade e sabedoria são conceitos importantes para nós – eles nos fazem viver segundo o ritmo do planeta e condicionam nossas ações para construir um mundo sustentável.

Brazil Beauty News – O que motivou a Natura a escolher a França?

Thierry Aubry-Lecomte – Chegamos à França em 2005 com o objetivo de aprender com a experiência de um país maduro, em que a concorrência é acirrada. Fizemos questão de ir ao encontro de um mercado com muitos obstáculos, a fim de tirar os ensinamentos mais valiosos. Na época, criamos um laboratório de pesquisas e a loja da praça Michel Debré, em Paris.

Brazil Beauty News – E hoje, como o senhor avalia essa experiência?

Thierry Aubry-Lecomte – O laboratório não existe mais, pois adotamos a abordagem de "inovação aberta", ou seja, as pesquisas são repartidas por diversas unidades da empresa e muitas delas são desenvolvidas em parceria com universidades de vários continentes. A loja de Paris é, por enquanto, nosso único ponto de venda físico na França, mas não excluímos a possibilidade de ampliar essa presença. Acima de tudo, criamos uma rede de vendas diretas com duas mil conselheiras atuando em todo o território francês. No plano mundial, essa rede conta com 1,7 milhão de pessoas (majoritariamente mulheres), sendo 1,2 milhão no Brasil e o restante em países da América Latina. As vendas diretas são a alma da marca – elas garantem uma relação exclusiva com o cliente, além de ser um importante alicerce social.

Na França, onde a venda direta não faz parte da cultura, temos grande orgulho de ter construído essa rede que contribui, graças às relações estabelecidas pelas revendedoras, a veicular os princípios da Natura e a qualidade de seus produtos.

Nosso objetivo é conjugar comércio eletrônico e vendas diretas. Por isso, desde novembro de 2014, a rede de revendedoras conta com o apoio de um site de vendas on-line que oferece ao cliente a possibilidade de entrar em contato com um(a) conselheiro(a) de sua região para receber orientação personalizada ou comprar os produtos diretamente no site. As vendas on-line são uma forma de conquistar novos clientes, bem como de facilitar o trabalho e aumentar a renda das conselheiras. Esse modelo coerente desenvolvido na França pode ser um prenúncio de futuras transformações na distribuição dos produtos da Natura no mundo.

Brazil Beauty News – A Natura não recorre a top models, não faz campanhas nas mídias... Como fazer para ampliar a notoriedade da marca junto às mulheres francesas?

Thierry Aubry-Lecomte – É verdade, a Natura não usa modelos famosas, pois considera que a beleza não pode ser personificada: ela reside em cada um de nós. Por outro lado, embora não promova campanhas publicitárias na mídia, a empresa é extremamente ativa nas redes sociais: nossa página no Facebook, por exemplo, tem 9 milhões de fãs no mundo, sendo 28 mil na França. É preciso tempo para veicular uma proposta tão especial como a nossa. Por isso, consideramos essencial o contato com a consumidora. Uma vez que tenha testado os produtos, ela se torna uma cliente fiel. A transparência, a qualidade e o compromisso da Natura seduzem a consumidora e despertam o imaginário de sonhos que o Brasil representa.

Kristel Milet (Tradução: Maria Marques)

Portfólio

© 2015 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

O recém lançado eau de parfum masculino de Eudora, Impression, fala de um homem sofisticado, que soube criar e aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu para evoluir. Com notas amadeiradas e ambaradas, a fragrância é baseada em cistus labdanum, musk e patchouli. A Centdegrés foi escolhida para representar através do design do (...)

+ informações
Palavra de especialista
Dr Dennis Gross: carro-chefe do mercado americano de tratamentos de ponta para a pele

Emmanuelle Bassmann
Dr Dennis Gross: carro-chefe do mercado americano de tratamentos de ponta para a pele

Quais são as novas propostas dos tratamentos dermatológicos? Que estratégias estão sendo desenvolvidas pelas principais marcas lançadas por profissionais de medicina ou baseadas em conceitos medicinais? Veja a seguir como a marca Dr Dennis Gross responde a essas perguntas. A linha de cuidados do Dr. Dennis Gross, lançada em 2002, teve (...)

+ informações

Seções