Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Anvisa aumenta número de substâncias proibidas em cosméticos

A lista de substâncias que não podem ser utilizadas em productos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes foi atualizada pela Anvisa. A nova lista traz 1.376 substâncias, contra 423 da lista anterior. Além da lista, a norma prevê que qualquer substância com propriedade cancerígena, mutagênica ou tóxicas para a reprodução são proibidas em cosméticos.

A iniciativa é uma atualização da resolução anterior da Anvisa que tratava do tema, a RDC 48/2006. A nova lista é resultado também da incorporação nacional do Regulamento Técnico Mercosul sobre Lista de Substâncias que não podem ser utilizadas em Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes, já que este tipo de regulação é definida de forma conjunta entre os países do Mercosul.

A atualização desta lista está na resolução RDC 83/2016, publicada no Diário Oficial da União do 20 de junho de 2016.

Baixa o novo texto aqui:

RDC 83/2016

Fonte: Anvisa

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

O recém lançado eau de parfum masculino de Eudora, Impression, fala de um homem sofisticado, que soube criar e aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu para evoluir. Com notas amadeiradas e ambaradas, a fragrância é baseada em cistus labdanum, musk e patchouli. A Centdegrés foi escolhida para representar através do design do (...)

+ informações
Palavra de especialista
EUA: Varejo em festa no feriadão

Laurence Bacilieri
EUA: Varejo em festa no feriadão

Nos Estados Unidos, os resultados das vendas do fim de semana de Thanksgiving (24-27 de novembro) prometem deixar o varejo de excelente humor. Neste ano, 45% dos americanos já tinham começado a fazer as compras para as festas antes de 1° de novembro. Embora 79% dos comerciantes tivessem lançado descontos e promoções mais cedo que no ano (...)

+ informações

Seções