Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Stéphanie Machon

Smart beauty : sua pele vai adorar!

Conceito integral que abrange diversas tendências importantes da atualidade, a Smart Beauty é uma clara referência aos smartphones. Dispensando manuais, fáceis de usar, intuitivos, com efeito quase imediato, os smartphones associam eficácia e prazer, personalização e sensações táteis... exatamente como os produtos cosméticos.

A "beleza inteligente" se esconde tanto nos produtos à venda nas lojas como em matérias-primas e tecnologias, traduzindo-se em promessas envolventes que ilustram a metáfora com os telefones inteligentes. A seguir, um panorama de exemplos interessantes.

Produtos inteligentes e mobilização da inteligência coletiva

Atualmente, muitos produtos prometem resultados que nos fazem acreditar nos poderes mágicos dos cosméticos. Quer um exemplo? "Sua pele é única. Este creme identifica as características e compreende as necessidades de cada pele, direcionando sua ação para as regiões que precisam de cuidados específicos".

Serum and cream repair, Smart ™ Technology - Clinique

Serum and cream repair, Smart ™ Technology - Clinique

No comercial da linha de produtos Smart™ , da marca Clinique, a inteligência é simbolizada por uma lâmpada elétrica. O smart serum™ (concentrado reparador com ação personalizada) identifica os sinais característicos da pele danificada (rugas, tonalidade irregular, desidratação, perda de elasticidade), oferecendo tratamento adaptado. Para a marca, a tecnologia "inteligente" designa uma ação proporcionada no lugar certo e na hora certa, respeitando cada tipo de pele, seja qual for a idade ou a etnia. A linha de produtos Clinique foi criada graças à colaboração, via internet, de 1.300 usuários de várias regiões do mundo. Em parceria com o TED, a Clinique buscou inspiração na inteligência coletiva para lançar todas essas novidades.

Adaptação ao ambiente

O ponto comum entre numerosos produtos de beleza e os telefones inteligentes é o fato de levar em conta muito mais as condições externas (poluição, clima, estilo de vida) do que tipologias cutâneas estáticas (pele mista, gordurosa ou seca) para oferecer soluções bem adaptadas às necessidades da pele.

Para amenizar as crescentes preocupações do consumidor num mundo de poluição, hiperurbanização e globalização, a indústria de cosméticos busca respaldar a confiança usando um vocabulário específico – complexo "antipoluição atmosférica", princípio ativo de "defesa urbana", "evitar o acúmulo de partículas poluentes, como metais pesados", "filtro solar multiproteção", etc. Entre os numerosos produtos à venda nas lojas, destaca-se o "bouclier urbain"™ (escudo urbano), da NoxiDoxi, spray antioxidante que protege a usuária com toda naturalidade. Fácil de levar na bolsa, ele pode ser usado a qualquer hora do dia, inclusive por cima da maquiagem. Outra proposta impressionante é a linha de produtos solares da Shiseido: realmente inovadora, a tecnologia Wet Force™ reforça a película protetora de UV quando a emulsão, aplicada sobre a pele, entra em contato com a água ou a transpiração, oferecendo uma solução que potencializa as condições reais e restritivas em que os protetores solares devem ser usados.

Expert Sun WETFORCE - Shiseido

Expert Sun WETFORCE - Shiseido

Além de princípios ativos engenhosos, pigmentos autoadaptáveis e tecnologia flexível, a própria textura dos produtos pode ser universalizada. O emulsificante Emullium™ Mellifera (Gattefossé), por exemplo, permite a realização de fórmulas hidratantes que se adaptam ao estilo de vida dos consumidores, levando em conta suas viagens (clima quente e úmido ou seco e frio) e sua rotina (layering, maquiagem de longa duração), seja qual for o tipo de pele.

Mas essa tendência não vem ganhando só os produtos cosméticos tradicionais: a beleza conectada também avança naturalmente em busca do graal "sob medida". Um bom exemplo é o Figure, aparelho de criação de fórmulas conectado ao aplicativo Romy Paris, que leva em conta os acontecimentos da vida (estresse, poluição, temperatura externa, práticas esportivas, etc.) e as necessidades da pele (nutrição, proteção, entre outros) em um momento preciso, para formular, em casa e quando solicitado, um produto que corresponde perfeitamente à situação da usuária. Esse tipo de sistema e de serviço posiciona a beleza dentro de uma dinâmica muito maior de tomada de consciência, que conduz naturalmente a uma maior consciência também sobre a própria saúde e o bem-estar pessoal.

Cumplicidade silenciosa com a biologia cutânea

A noção de juventude deixou de ser simplesmente uma questão de idade: o que importa são as emoções refletidas no rosto. Como no caso dos smartphones, o objetivo é a eficácia e a satisfação – pouco importando se entendemos ou não como funciona o mecanismo. No creme Orchidée Impériale™ (Guerlain), ou ainda no creme Capture Totale™ (Dior), as neurociências explicam com argumentos científicos a imagem que o rosto reflete. Quanto mais positiva, mais jovem será a aparência. Os resultados proporcionados pelos cosméticos – na forma de "bom humor" e "autoconfiança" – já podem ser avaliados e, portanto, anunciados aos quatro ventos. Paralelamente, os fornecedores de insumos também estão adotando o mesmo tipo de discurso, garantindo "bem-estar" e "felicidade" (+35% e +76%, respectivamente, nos atributos do Clotholine™ da marca Sollice Biotech, por exemplo).

Seria este o fim da caça às rugas profundas, da tradicional classificação da pele e de dogmas relativos ao clima de cada região, varridos do domínio da beleza? Reivindicando individualidade, leveza e uma certa liberdade de espírito, a beleza promete dedicar toda a sua inteligência a essa revolução.

Stéphanie Machon
(Tradução: Maria Marques)

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

Sobre Stéphanie Machon

Agência de consultoria em Design Global Beleza – criação de conceitos, desenvolvimento de produtos e storytelling para a indústria de beleza e bem-estar.

Atuando na indústria de cosméticos há mais de 18 anos, Stéphanie teve a oportunidade de trabalhar com marketing de matérias-primas, elaboração de conceitos e desenvolvimento e fabricação de produtos cosméticos para diversas marcas. Sua personalidade empreendedora a levou a criar, em 2010, uma empresa de consultoria: MAKE IT BLOOM! Stéphanie vem contribuindo para a eclosão e o crescimento de um grande número de projetos de inovação e comunicação, lançados tanto por jovens empresas como por grandes grupos do setor. A empresa oferece assessoria sobre questões estratégicas e operacionais não somente para marcas B-to-B, como também para o público em geral e grandes nomes do setor de luxo.

Diplomada em criatividade e inovação, Stéphanie conhece profundamente todo o processo de desenvolvimento de marcas de beleza e compartilha sua visão de design global, garantindo coerência transversal em todas as áreas ligadas à criação.

Contato: stephanie.machon@makeitbloom.fr
Telefone: +33 (0)1 48 01 03 54
www.makeitbloom.fr

Foco
Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

O recém lançado eau de parfum masculino de Eudora, Impression, fala de um homem sofisticado, que soube criar e aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu para evoluir. Com notas amadeiradas e ambaradas, a fragrância é baseada em cistus labdanum, musk e patchouli. A Centdegrés foi escolhida para representar através do design do (...)

+ informações
Palavra de especialista
Dr Dennis Gross: carro-chefe do mercado americano de tratamentos de ponta para a pele

Emmanuelle Bassmann
Dr Dennis Gross: carro-chefe do mercado americano de tratamentos de ponta para a pele

Quais são as novas propostas dos tratamentos dermatológicos? Que estratégias estão sendo desenvolvidas pelas principais marcas lançadas por profissionais de medicina ou baseadas em conceitos medicinais? Veja a seguir como a marca Dr Dennis Gross responde a essas perguntas. A linha de cuidados do Dr. Dennis Gross, lançada em 2002, teve (...)

+ informações

Seções