Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Parisian Kiss, mecanismo Baystick criado pela Albéa, agora disponível em embalagem padrão

No último salão Cosmoprof Worldwide em Bologna, a Albéa apresentou o Parisian Kiss, seu mecanismo de referência para batons que foi adaptado para embalagens padrão. Atualmente, o sistema já pode ser adquirido em qualquer lugar do mundo.

O Parisian Kiss é equipado com tecnologia Baystick (Ø 11,3 mm), mecanismo elevador especialmente desenvolvido para fórmulas cremosas e fluidas. "Com esse sistema, a bala permanece intacta durante toda a vida útil do batom. Além disso, a área de aplicação é mais extensa que a dos mecanismos clássicos, proporcionando mais conforto na hora de usar", explica a Albéa.

Por ser hermético, o Parisian Kiss garante a proteção da fórmula.

O mecanismo foi desenvolvido pela plataforma de expertise Lipstick & Co da Albéa, dedicada a batons, lápis labiais e sticks de maquiagem para o rosto e os lábios.

Tradução: Maria Marques

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

O novo princípio ativo sensorial da Symrise proporciona uma suave sensação de calor sobre a pele, semelhante à de um raio de sol. Com o nome de Thermolat, ele foi desenvolvido para entrar na composição de cremes, géis e bálsamos e produz efeitos duradouros, com a vantagem de não provocar sensação de ardência ou queimação. "Comparado com o (...)

+ informações
Palavra de especialista
Surpreendendo a geração paradoxal

Lipotec - Lubrizol
Surpreendendo a geração paradoxal

Nós ouvimos sobre a geração Millennial em todos os lugares. Representando mais de um quarto da população global, eles são hoje, a geração mais influente e a mais difícil de compreender devido às suas diversas contradições. Os Millennials vivem suas vidas online, mas amam as interações da vida real. Eles são democráticos e inclusivos, mas pedem (...)

+ informações

Seções