Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Empresas e indústria

“O mercado brasileiro de produtos para os cabelos é muito competitivo, mas ainda não está saturado,” Marcelo Carneiro, Kosé Brasil

Há poucos meses de sua entrada no mercado brasileiro, a terceira maior fabricante de produtos de beleza do Japão vê potencial no uso de ingredientes locais para P&D, mas ainda não planeja produzir no país.

A gigante japonesa de cosméticos Kosé desembarcou no Brasil em um período de turbulências nas esferas política e econômica, mas isso não parece interferir nos objetivos da empresa. Com 70 anos de atuação e presente em 26 países, a Kosé tem planos a longo prazo para o quarto maior mercado de beleza do mundo.

Em entrevista exclusiva ao Brazil Beauty News, o diretor da Kosé Brasil, Marcelo Carneiro, fala sobre as motivações e expectativas da SKNY, marca escolhida pela Kosé para testar o mercado e entender os anseios da mulher brasileira no segmento de cuidado para os cabelos.

Marcelo Carneiro, diretor da Kosé Brasil

Marcelo Carneiro, diretor da Kosé Brasil

Brazil Beauty News - Qual é o lugar que o Brasil ocupa no plano estratégico mundial de expansão da Kosé?

Marcelo Carneiro - Nosso planejamento é de longo prazo. À medida que os negócios no Brasil forem se desenvolvendo, reinvestiremos o lucro como forma de solidificar nossa presença e ampliar nossa atuação em todo o país. Acreditamos no potencial do mercado de cosméticos brasileiro, o que nos faz olhar para o futuro e vislumbrar oportunidades que permitirão até mais investimentos vindos do Japão.

Brazil Beauty News - Quais foram os principais desafios da Kosé, considerando a extensão do território e a legislação brasileira?

Marcelo Carneiro - Dedicamos alguns meses em estudos prévios, e isso nos preparou para cada um dos passos necessários para a implantação da filial no Brasil. Como dizem, temos que nos planejar para o pior e torcer para que ele não aconteça. Como era esperado, a legislação e a burocracia não facilitaram, mas tudo correu dentro do nosso cronograma, pois fomos bem conservadores e muito bem assessorados.

Brazil Beauty News - Por que a entrada no mercado brasileiro se dará com produtos para os cabelos?

Marcelo Carneiro - O mercado de produtos capilares no Brasil é muito forte e competitivo, mas ainda não está maduro ou saturado. Acreditamos que esse segmento vai continuar crescendo, e tem muito espaço para marcas diferenciadas, com produtos que ofereçam qualidade e performance. Isso foi o que motivou a Kosé na escolha da marca SKNY como a primeira a ser introduzida no Brasil. Trazemos uma linha compacta para higienizar, condicionar, nutrir, restaurar, proteger e modelar, com produtos que agem profundamente nos fios para reparar danos e deixar o cabelo saudável.

Brazil Beauty News - Onde são fabricados os produtos que serão vendidos no mercado brasileiro?

Marcelo Carneiro - Neste primeiro momento, todos os produtos serão importados de nossas fábricas no Japão. Não temos planos para a implantação de uma unidade fabril no Brasil, mas não excluímos essa possibilidade, dependendo de como o nosso negócio se desenvolver no futuro.

Brazil Beauty News - A Kosé pensa em utilizar ingredientes da biodiversidade brasileira em seus produtos?

Marcelo Carneiro - A Kosé possui um dos mais modernos parques de P&D no mundo e estamos sempre buscando novos ingredientes e ativos. Com a abertura da filial no Brasil, acreditamos que o nosso setor de pesquisa irá se beneficiar, pois terá acesso direto à ingredientes brasileiros que ainda não são bem conhecidos ou explorados no Japão.

Brazil Beauty News - Quem é o público-alvo da Kosé no Brasil?

Marcelo Carneiro - Acreditamos que, quando falamos de produtos capilares, as consumidoras brasileiras são bem esclarecidas e não têm medo de investir em um produto de qualidade superior. A mulher brasileira sabe diferenciar fatos de ficção: ela não é contrária a experimentar um produto novo, mas se esse produto não der os resultados prometidos, ela só vai usá-lo uma vez. Desta forma, nosso público-alvo são todas as mulheres que se importam com a saúde de seus cabelos.

Brazil Beauty News - Com que diferenciais a marca pretende conquistar o Brasil, considerando a grande competitividade no mercado cosmético?

Marcelo Carneiro - Acreditamos que, em primeiro lugar, a qualidade do produto em todos os aspectos será um fator que vai diferenciar a SKNY da concorrência – da formulação à embalagem, dos materiais promocionais ao treinamento nos pontos-de-venda. Além disso, os resultados positivos que tivemos em várias pesquisas de marketing nos levaram a fazer um significativo investimento em amostragem para gerar experimentação – tanto em termos de amostras grátis (sachês), quanto na venda de artigos em miniatura para viagem.

Brazil Beauty News - Como a Kosé pretende abordar a diversidade dos consumidores brasileiros, considerando os perfis regionais?

Marcelo Carneiro - A diversidade dos consumidores, tanto racial quanto cultural, é um aspecto primordial que levamos em consideração no nosso planejamento inicial. Nossa distribuição será concentrada nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Queremos não só controlar a qualidade dos pontos de venda, como também garantir a disponibilidade dos produtos e evitar a falta de estoque, algo comum quando a expansão ocorre muito rápido e que frustra o consumidor. Conforme formos expandindo nossa distribuição para outros estados, iremos não só implementar ações de marketing e comunicação que sejam relevantes ao público daquelas regiões, mas também introduzir produtos que sejam mais adequados às particularidades das consumidoras locais.

Brazil Beauty News - Há uma estimativa de quando o portfólio brasileiro será expandido?

Marcelo Carneiro - Nossa intenção é ter uma novidade da SKNY pelo menos a cada seis meses. Ainda não temos planos de futuros lançamentos de outras marcas, mas considerando nosso portfólio, estamos avaliando e estudando o mercado para identificar quais são as marcas que melhor se adequam ao perfil e necessidades das consumidoras brasileiras.

Brazil Beauty News - Além disso, podemos esperar lançamentos da Kosé em outros segmentos de beleza no futuro? Se sim, quais?

Marcelo Carneiro - A Kosé representa 35 marcas de cosméticos, sendo que nosso plano é desenvolver globalmente as marcas Decorté, Jill Stuart e Sekkisei. Conforme expandirmos o negócio da SKNY no Brasil, vamos entender melhor as peculiaridades das consumidoras brasileiras em outros segmentos, como cuidados com a pele e maquiagem.

Brazil Beauty News - Quais são tendências internacionais em cuidados com os cabelos que deverão encontrar boa resposta no Brasil?

Marcelo Carneiro - Com a internet, acredito que as mulheres brasileiras são tão antenadas nas tendências quanto às dos outros países. Mas – e este é meu sentimento pessoal – acho que as brasileiras ainda são muito conservadoras quando o assunto é cabelo. Esse comportamento está mudando, principalmente com uso de coloração para criar um estilo próprio, além do retorno dos cabelos cacheados.

Amanda Veloso

Portfólio

© 2017 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

O recém lançado eau de parfum masculino de Eudora, Impression, fala de um homem sofisticado, que soube criar e aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu para evoluir. Com notas amadeiradas e ambaradas, a fragrância é baseada em cistus labdanum, musk e patchouli. A Centdegrés foi escolhida para representar através do design do (...)

+ informações
Palavra de especialista
Alimente sua pele com uma colorida rotina de beleza

Lipotec
Alimente sua pele com uma colorida rotina de beleza

Atualmente, cada vez mais consumidores de todas as idades estão preocupados com o meio ambiente e com o impacto humano que eles deixam na Terra. Uma vida saudável em harmonia com o planeta tornou-se um objetivo essencial atualmente. As pessoas tornaram-se mais cautelosas e conscientes de seus padrões de consumo - dos alimentos que (...)

+ informações

Seções