Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Louis Vuitton volta a lançar novas fragrâncias, as primeiras desde 1946

A empresa francesa de bolsas de luxo Louis Vuitton anunciou que lançará sua coleção de perfumes em setembro de 2016. Muito aguardado, o lançamento estava inicialmente previsto para 2013.

Louis Vuitton, marca francesa de bolsas, deverá lançar sua aguardada coleção (...)

Louis Vuitton, marca francesa de bolsas, deverá lançar sua aguardada coleção de perfumes em setembro de 2016. © AFP Foto Miguel Medina

A marca de luxo já instalou seu estúdio criativo no sul da França, mais exatamente em Grasse, cidade que vem reconquistando a aura de grande polo da indústria de perfumes, graças às principais Maisons francesas, que aos poucos buscam resgatar as tradições do setor. A Louis Vuitton confiou a criação de suas fragrâncias ao perfumista Jacques Cavallier Belletrud, originário de Grasse, que no passado emprestou seu talento para as marcas Issey Miyake, Jean Paul Gaultier e Giorgio Armani.

A presença da Louis Vuitton no setor de perfumes remonta ao século XX. Em 1927, a empresa lançou Heures d’Absences e, um ano mais tarde, o trio Je, Tu, Il. Por fim, foi a vez de Réminiscence e Eau de voyage, lançados em 1946. Esses perfumes eram comercializados em frascos de cristal gravados por artistas de grande renome.

Jacques Cavallier Belletrud, ao que dizem, trabalhou vários meses para elaborar a dominante olfativa da coleção. Naturalmente, não devem faltar notas de couro, assinatura da marca, nem flores como Osmanthus, magnólia e jasmim-árabe, além de outros aromas inesperados que o perfumista foi selecionando durante as muitas viagens que fez.


V.G. com AFP/Relaxnews
(Tradução: Maria Marques)

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Centdegrés desenhou o novo conceito de loja da L'Occitane au Brésil

Centdegrés desenhou o novo conceito de loja da L’Occitane au Brésil

Varanda com piso frio e interior de madeira, plantas, uma grande mesa central, pergola iluminada, jardim, portas abertas, cores, cheiros, armários e comodas. Entrar na L’Occitane au Brésil é como entrar em uma aconchegante casa brasileira para se reunir entre amigos. Um lugar alegre e acolhedor, delicado e luminoso, singular e plural, (...)

+ informações
Palavra de especialista
Misturar(-se) para inovar

Elie Papiernik
Misturar(-se) para inovar

Sim, a inteligência artificial é o cerne da inovação industrial. E não, não existe a menor chance de que, num futuro próximo, ela venha a suplantar a inteligência coletiva e a criação em conjunto. A inovação é fruto da mistura de contrários, da mescla de culturas e do confronto de ideias e pontos de vistas opostos. A centdegrés, que no ano que (...)

+ informações

Seções