Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Ingredientes e fórmulas

Atuando há dez anos no mercado de embalagens cosméticas, proprietários da Vepakum inauguram a Ática Química

A nova fornecedora de matérias-primas para formulações cosméticas e farmacêuticas representa as multinacionais 3M, Rahn e Seppic no Brasil.

Um negócio levou ao outro. De 1974 a 2010, o farmacêutico bioquímico Ricardo Dornelas trabalhou com distribuição de matérias-primas para as indústrias farmacêutica e cosmética. Conhecendo de perto os dois segmentos, ele e seus sócios enxergaram uma nova oportunidade de mercado e assim, em 2005, abriram a Vepakum Embalagens.

Instalada em Cabreúva, interior de São Paulo, em uma área de mais de 10 mil m2, a empresa é especializada na fabricação de embalagens plásticas sopradas e injetadas para artigos farmacêuticos e cosméticos. Em seu vasto portfólio, estão desde linhas standards a itens exclusivos, de acabamento sofisticado, que valorizam o design e diferenciam os produtos.

A expertise de mais de 40 anos em matérias-primas e 10 anos em embalagens, além de uma carteira de clientes já consolidada, os fez inaugurar neste ano, na cidade de São Paulo, a Ática Química. “Somos líderes brasileiros na importação e distribuição de embalagens no setor cosmético e enxergamos todo cliente da Vepakum como um cliente em potencial para a Ática”, afirma Dornelas, que responde pela direção das duas companhias.

Uma parceria estabelecida com o grupo empresarial MCassab garantiu à nova fornecedora de matérias-primas a representação das multinacionais 3M e Rahn no Brasil. Eles também fecharam negócio com a francesa Seppic, “resultado da confiança em nosso trabalho”, diz o diretor.

A Ática Química dispõe de polímeros, emulsificantes, emolientes e ativos funcionais para aplicação em formulações para peles sensíveis, clareamento de manchas, tratamento da celulite, redução de poros, antienvelhecimento, hidratação corporal e capilar, entre outras. “Buscamos produtos com tecnologias inovadoras com o objetivo de agregar valor à formulação, ao prescritor e às farmácias”, explica Dornelas.

Da suíça Rahn, por exemplo, é o ativo Denfensil Plus, que atua no tratamento de peles sensíveis e inflamadas, e o Liftonin - Xpress, que promove efeito lifting instantâneo e redutor de rugas. Da Seppic, a empresa fornece itens como o Sepiplus 400, um polímero multifuncional que possui versatilidade para o preparo de emulsões frio, e o agente Sesaflash, que promete a redução e suavização de rugas aparentes e o aumento de 39% da hidratação cutânea em até 30 minutos após a aplicação.

A Ática também dispõe do primeiro ingrediente cosmético lançado pela 3M no mundo, o Glass Bubbles iM 30K – um dos produtos de destaque do catálogo, segundo Dornelas. Com agente soft-focus minimizador de poros e linhas de expressão, o modificador sensorial contém microesferas de vidro que mascaram o efeito visual de poros abertos e os sinais de envelhecimento da pele.

Abrir uma nova empresa em um ano de muitas incertezas econômicas no Brasil não foi encarado como problema para a direção da Ática. “Já pudemos vivenciar vários planos econômicos no Brasil nas décadas de 1980 e 1990, como o Plano Collor e o Cruzado. Acreditamos que a crise pode se tornar uma oportunidade para quem tem credibilidade e, principalmente, planejamento adequado”, opina.

Com uma previsão de crescimento de 25% neste ano na Vepakum, Ricardo Dornelas diz que todos os investimentos para ambas as empresas estão mantidos no planejamento de 2016. “Estamos abertos a iniciar novas parcerias com qualquer companhia que possa oferecer produtos com diferencial ao nosso portfólio”, diz o diretor.

Renata Martins

Portfólio

© 2015 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

Recorde de público marca edição 2017 da FCE Cosmetique e FCE Pharma

As feiras FCE Cosmetique e FCE Pharma, que aconteceram entre os dias 23 e 25 de maio de 2017, receberam 15.400 visitantes e registrou um crescimento de 9%, em comparação com o ano anterior. Na cerimônia de abertura, Geraldo Alckmin, o Governador do Estado de São Paulo, destacou os esforços do Governo para o desenvolvimento das (...)

+ informações
Palavra de especialista
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Laurence Bacilieri
O setor de Retail nos Estados Unidos: apocalipse ou evolução?

Nos Estados Unidos, o comércio varejista vem registrando uma queda contínua do faturamento. O setor está passando por profundas mudanças, com a falência de 3.500 lojas, sem falar nas dificuldades que têm enfrentado as redes Macys e Sears & K-Mart. A exemplo do setor bancário, os grandes protagonistas do varejo americano estão (...)

+ informações

Seções